'Penduricalhos'

Tribunal de Justiça do Tocantins pagou R$ 8,6 milhões em auxílios a juízes esse ano

Por Redação AF
Comentários (0)

18/12/2017 08h48 - Atualizado há 2 meses
O Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJ-TO) gastou durante esse ano mais de R$ 8,6 milhões com auxílios. Atualmente, o Estado possui cerca de 128 magistrados com salário médio de R$ 28.356,00. Os dados fazem parte de levantamento do jornal Estadão, divulgado nesta segunda-feira (18). Em média, os auxílios pagos aos juízes tocantinenses representaram um acréscimo de 20% nos salários, algo em torno de R$ 5,6 mil. Já no Brasil, a concessão de auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio-saúde custou aos cofres públicos R$ 890 milhões nos 26 tribunais estaduais de Justiça. Dos TJs estaduais, apenas o do Amapá ainda não abriu a caixa-preta da folha de pagamentos. Com os auxílios, juízes obtêm um ganho de até 30% em relação ao salário básico. No Mato Grosso do Sul, por exemplo, o salário médio é de R$ 28,2 mil, e os benefícios recebidos garantem um acréscimo médio de quase R$ 8,4 mil. Por ter caráter de “verba indenizatória”, e não de salário, esses recursos não são levados em conta no cálculo do teto de vencimentos dos magistrados, de R$ 33.763, nem são descontados quando o limite é atingido. Os salários básicos dos juízes, sem contar os extras, consomem quase R$ 6 bilhões por ano. Por causa dos auxílios e outros extras, um terço dos juízes estaduais teve rendimento líquido superior ao teto. No topo do ranking, um contracheque de R$ 227 mil, em Rondônia. Já um juiz de Mato Grosso recebeu R$ 500 mil em julho – meio milhão de reais. O auxílio-moradia começou como vantagem restrita – uma "ajuda de custo, para moradia, nas comarcas em que não houver residência oficial para juiz, exceto nas capitais", segundo a Lei Orgânica da Magistratura. Em 1986, a restrição às capitais foi abolida. O que era exceção passou a ser regra. Leis estaduais estenderam o pagamento a todos os integrantes de determinados TJs. O Supremo Tribunal Federal (STF) garantiu o benefício a todos os juízes federais e, depois, a todos os TJs estaduais e aos ramos militar e trabalhista do Judiciário. Há ações que reivindicam o 'direito' também aos juízes aposentados. Para o ex-presidente do STF e do CNJ Carlos Ayres Britto, não faz sentido excluir os auxílios do cálculo do teto. “Sempre entendi, em meus votos, que teto é um limite máximo, não admite sobreteto, ultrapassagem. Na medida em que há claraboia nesse teto, perde-se a noção.” Todos os tribunais estaduais foram procurados pela reportagem. Os 19 que responderam (SP, DF, CE, PR, MS, MA, MG, PI, TO, AM, ES, RR, BA, SE, RO, SC, PA, RS e GO) ressaltaram que os pagamentos dos salários estão dentro do teto constitucional e que demais auxílios e indenizações constam de legislações estaduais ou resoluções do CNJ, e, portanto, são legais. As informações são do Estadão.

Comentários (0)

Mais Notícias

Concurso Público

Confira seis concursos públicos que devem ser realizados em 2019 no Tocantins

Previsões de concursos públicos estão na Lei nº 2.408, de 16 de novembro de 2018.

Emprego

Sine de Araguaína oferta vagas para engenheiro, farmacêutico e churrasqueiro

Há oportunidades para diversas áreas de atuação em todos os níveis de escolaridade.

LUTO

Corpo de menino de dois anos que morreu afogado é enterrado em Tocantínia

O garoto foi socorrido com vida, encaminhado ao Hospital Regional de Miracema, mas não resistiu.

Palmas

BMW fica completamente destruída após pegar fogo na Avenida Teotônio Segurado

A BMW ficou completamente destruída após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

Violência

Adolescente de 15 anos é morto com três tiros durante assalto no sul do Estado

O menor foi atingido por três disparos na cabeça e no tórax.

Acidente

Mulher tem perna esmagada por veículo após acidente em cruzamento de Palmas

Testemunhas disseram que a motociclista tentou atravessar a Teotônio quando foi atingida

Álcool e direção

Motorista bêbado invade a contramão, colide e mata motociclista na TO-080

Com o impacto da batida, moto e condutor foram arremessados cerca de 30 metros.

Perigo

Crianças são arrastadas por enxurrada enquanto banhavam em córrego de Palmas

Os garotos tomavam banho no córrego quando foram surpreendidos pela força da água.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.