Inquérito no STF

Vicentinho apresenta 'nada consta' do STF e afirma que delator mentiu sobre propina

Por Redação AF
Comentários (0)

29/05/2018 12h01 - Atualizado há 1 semana
O senador Vicentinho Alves (PR), candidato a governador do Tocantins, reafirmou sua inocência no inquérito nº 4314, que tramita no STF, para investigar suposto pagamento de propina por um ex-diretor da empreiteira Andrade Gutierrez. "Não houve sequer indiciamento, por falta de provas. Eu tenho minha certidão em dia. Não tenho nenhum débito com a Justiça do meu país", rebateu o senador. Vicentinho afirmou que o delator Clóvis Primo não conseguiu provar as acusações e, além disso, os donos e diretores da empreiteira negaram o alegado pagamento de propina. "Um sujeito que estava roubando do chefe e inventou uma história dessa. Reafirmo: não houve nem indiciamento contra a minha pessoa por falta de provas. Poucos políticos apresentam um 'nada consta' do STF", finalizou. 'NADA CONSTA' DO STF

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.