Tocantins

Inscrições abertas para concurso da Assembleia Legislativa; candidatos apontam falha em edital

Edital não cita o conteúdo específico do cargo de técnico legislativo.

Por Redação 1.199
Comentários (0)

05/12/2023 09h51 - Atualizado há 7 meses
Concurso da Aleto oferece 107 vagas imediatas

As inscrições para o concurso da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) abriram nesta segunda-feira (4) e seguem até dia 18 de janeiro de 2024, por meio do site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O procurador geral da Casa e presidente da Comissão do Concurso, Alcir Raineri Filho, informou que poderão haver ajustes nos editais, conforme decisão da Comissão. Ele alertou aos candidatos para que leiam atentamente os editais e explicou que é possível se inscrever para duas vagas distintas (nível médio e superior).

Sem conteúdo específico

Candidatos reclamam de algumas falhas no edital do quadro geral, como a falta do conteúdo específico que será cobrado para o cargo de técnico legislativo. Segundo as reclamações, a banca e a Assembleia não respondem às dúvidas dos candidatos em relação a esse problema.

O módulo de conteúdos específicos do cargo prevê 30 questões, ou seja, metade da prova. Contudo, o edital não relaciona quais conteúdos que podem ser abordados no exame.

"Como vou me preparar para a prova sem saber o conteúdo específico que será cobrado? Já liguei e mandei e-mail várias vezes, mas não obtive nenhum retorno", reclamou uma candidata. 

Provas

As provas serão aplicadas nos dias 13 e 14 de abril de 2024, em Palmas, Araguaína, Araguatins, Arraias, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Paraíso do Tocantins e Tocantinópolis.

Vagas

Foram disponibilizadas 102 vagas para o quadro geral (Edital nº 01/2023), sendo 10 para Policial Legislativo; 55 para Analista Legislativo; e 37 Técnico Legislativo. Também foram disponibilizadas cinco vagas para o cargo de Procurador Jurídico (Edital nº 02/2023), totalizando 107 vagas.

Taxa

A taxa de inscrição é de R$ 80 para cargos de Policial Legislativo II e Técnico Legislativo (nível médio); R$ 125 para cargos de Analista Legislativo (nível superior); e R$ 215 para o cargo de Procurador Jurídico.

Cotas

Os editais estabelecem 5% de cotas para pessoas com deficiência (Lei Federal 13.146/15; e Lei Estadual 1.818/2007) e 20% para pessoas que se autodeclararam negras (Lei Federal 12.990/2014).

Remuneração

A remuneração inicial é de R$ 3.847,65 para Policial Legislativo e Técnico Legislativo; R$ 5.684,72 para Analista Legislativo; e de R$ 32.328,69 para Procurador Jurídico. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.