Tocantins

Alerta: criminosos estão se passando por servidores da Defensoria Pública para aplicar golpes

Serviços oferecidos pela Defensoria são inteiramente gratuitos.

Por Redação
Comentários (0)

13/01/2024 08h56 - Atualizado há 4 meses
Sede da Defensoria Pública do Estado, em Palmas

A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) reforçou que todos os atendimentos jurídicos prestados pela instituição são gratuitos, e os contatos por telefone ou WhatsApp são feitos apenas com os números informados no site da instituição (veja aqui).

A orientação ocorre em tom de alerta, pois criminosos estão tentando aplicar golpes se passando por membros e servidores da Defensoria.

A situação foi identificada no final da manhã desta sexta-feira (12/01): uma pessoa fez contato com um assistido dizendo ser da assessoria de um defensor público que atua em Palmas. A foto do falso perfil tem uma imagem com o símbolo da Justiça e também utiliza a logomarca da Defensoria Pública. O caso será comunicado oficialmente à polícia para investigação.

“Se alguém entrar em contato com você por ligação ou WhatsApp se apresentando como defensora ou defensor público, servidora ou servidor da Defensoria Pública, e pedir pagamento para qualquer atuação, desconfie e denuncie! Os serviços oferecidos pela instituição são inteiramente gratuitos e, por isso, não são solicitados pagamento ou transferência de valores para a prestação de qualquer serviço”, ressaltou a DPE-TO.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.