Aragão solicita informações sobre nomes de Eduardo Siqueira e Gomes na agenda do doleiro

Por Redação AF
Comentários (0)

17/09/2014 07h05 - Atualizado há 2 meses
<span style="font-size:14px;">O deputado estadual Sargento Arag&atilde;o (PROS) entrou com requerimento, em regime de urg&ecirc;ncia, na CPI do Igeprev, solicitando ao Supremo Tribunal Federal (STF) informa&ccedil;&otilde;es sobre o inqu&eacute;rito que tramita em segredo de justi&ccedil;a envolvendo os nomes do deputado federal Eduardo Gomes, de Eduardo Siqueira Campos e do ex-presidente do &oacute;rg&atilde;o, Rog&eacute;rio Vilas Boas, nesta ter&ccedil;a-feira, 16. O inqu&eacute;rito envolve os nomes deles com o doleiro Fayed Traboulsi, no caso dos desvios do Igeprev.<br /> <br /> Conforme Arag&atilde;o, os nomes de Gomes, candidato ao Senado, do candidato a deputado estadual Eduardo Siqueira Campos e de Vilas Boas estariam na caderneta do doleiro informando altas quantias de dinheiro. <em>&quot;E que dinheiro &eacute; esse que eles deveriam receber do envolvido com o esc&acirc;ndalo do Igeprev?&quot;</em>, questionou Arag&atilde;o.<br /> <br /> Arag&atilde;o apontou que a CPI deve convocar todas as pessoas que tiveram assento no conselho do Igeprev. <em>&ldquo;Todos devem ser convocados na condi&ccedil;&atilde;o de testemunhas, pois se mentir v&atilde;o sair da CPI algemados</em>&rdquo;, finalizou Arag&atilde;o.<br /> <br /> O doleiro foi preso na Opera&ccedil;&atilde;o Miqueias da Pol&iacute;cia Federal em 2013 e apontado como integrante de um esquema de lavagem de dinheiro e desvio de recursos de fundos de pens&atilde;o que teria movimentado R$ 300 milh&otilde;es em um ano e meio.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Tocantins

Nove pessoas são infectadas com doença de Chagas após ingerir suco de bacaba

O Tocantins já tinha registrado dois casos da doença em 2018.

Salário de até R$ 3,5 mil

Concurso público oferta 845 vagas em Marabá, a menos de 300 km de Araguaína

As inscrições serão realizadas de 12 de dezembro deste ano a 10 de janeiro de 2019.

Presidente eleito

TSE diploma Bolsonaro como novo presidente da República com mandato até 2022

A cerimônia vai ocorrer a partir das 16 horas, no plenário da Corte. Bolsonaro foi eleito para mandato de 2019 a 2022.

Anatel

Bloqueio de celulares piratas começa hoje no Tocantins e em mais nove Estados

Mensagens foram encaminhadas aos usuários no dia 23 de setembro, 50 dias e 25 dias antes do bloqueio.

Prefeitura doa área

Implantação de indústria de vidros deve gerar 50 empregos diretos em Gurupi

A empresa já tem uma sede em Araguaína e irá expandir os negócios pelo Estado do Tocantins.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.