Em Araguaína

Católica Orione e Colégio Santa Cruz vão debater questões raciais no Brasil no 1º Novembro Negro

Oficinas e aulas compartilhadas no ensino básico são algumas das atividades que vão ser realizadas.

Por Redação
Comentários (0)

12/11/2019 14h19 - Atualizado há 2 anos
Atividade realizada

O mês da consciência negra chegou e junto com ele a necessidade ainda maior de debater, discutir, pensar e refletir sobre as questões raciais no Brasil. Um país marcado por 358 anos de escravidão, onde a luta, a história e a cultura do povo negro foi fortemente silenciada, faz-se necessário fomentar diversos espaços sociais de diálogo sobre questões raciais.

Dentro desta perspectiva, a Católica Orione e o Colégio Santa Cruz estão realizando uma série de atividades em Araguaína que foram iniciadas no mês de outubro e terão continuidade no mês de novembro visando fomentar o debate sobre questões raciais no Brasil.

Nesse movimento, será realizado o 1º Novembro Negro da Católica Orione e Colégio Santa Cruz, que juntos, numa parceria escola e faculdade, dinamizando e ampliando o ensino em suas diversas esferas, organizaram as seguintes atividades que ocorreram em outubro: ciclos de debates com participação dos alunos do 8º ano do ensino fundamental ao ensino médio, dentro da disciplina de História ministrada pela profª Kamilla Coimbra, atrelado a disciplina de Psicologia e Relações Étnico Raciais do curso de psicologia, ministrada pelo prof. Robenilson Barreto na turma do 8º período.

Os ciclos de debates proporcionaram aos alunos de ensino básico e faculdade uma diversidade de olhares e diálogos acerca da temática racial, certamente, um conhecimento enriquecedor.

Em novembro, estão em andamento: oficinas e aulas compartilhadas no ensino básico, com produção de materiais lúdicos dentro da temática novembro negro que ficarão em exposição entre 18 a 22 no espaço faculdade/escola.

Nessa mesma semana acontecerão uma série de atividades, tais como: apresentações culturais (roda de samba, capoeira, maculelê, sarau, show de rap), oficinas, mesas de debate, rodas de conversas, cine debate; uma programação enriquecedora para um mês de intensa reflexão.

A programa completa está aqui.

Esta será a primeira edição do Novembro Negro

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.