CCZ confirma presença do vetor transmissor do calazar em quase 80% dos bairros de Araguaína

Por Redação AF
Comentários (0)

14/03/2014 11h14 - Atualizado há 1 mês
<span style="font-size:14px;">Com o objetivo de diminuir os n&uacute;meros de casos de Leishmaniose Visceral em Aragua&iacute;na, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vem realizando um trabalho cont&iacute;nuo em toda a cidade, tanto no combate direto ao vetor como na educa&ccedil;&atilde;o em sa&uacute;de para a popula&ccedil;&atilde;o.<br /> <br /> De acordo com estudos do CCZ, dos 94 bairros monitorados na cidade, 75 confirmaram a presen&ccedil;a do vetor transmissor da Leishmaniose Visceral. E para definir quais as regi&otilde;es que possuem maior &iacute;ndice de casos em humanos, foi feita a estratifica&ccedil;&atilde;o epidemiol&oacute;gica, ou seja, a defini&ccedil;&atilde;o de bairros com transmiss&atilde;o intensa, moderada, espor&aacute;dica e receptiva.<br /> <br /> De acordo com a metodologia do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, seguida pelo CCZ a regi&atilde;o considerada de transmiss&atilde;o intensa &eacute; aquela com m&eacute;dia maior ou igual a 4,4 casos em humanos nos &uacute;ltimos tr&ecirc;s anos; a moderada &eacute; quando h&aacute; entre 2,4 a 4,4 casos; a espor&aacute;dica tem a m&eacute;dia menor que 2,4 casos; e a receptiva tem aus&ecirc;ncia de casos, mas com presen&ccedil;a do vetor.<br /> <br /> Os bairros classificados na transmiss&atilde;o interna s&atilde;o Aragua&iacute;na Sul, Maracan&atilde;, Nova Aragua&iacute;na, Universit&aacute;rio, S&atilde;o Jo&atilde;o, Raizal, Itaipu e Barros. Os de transmiss&atilde;o moderada s&atilde;o o Parque Bom Viver, Zona Rural e Morada do Sol I.<br /> <br /> No Aragua&iacute;na Sul, a m&eacute;dia de casos nos &uacute;ltimos tr&ecirc;s anos, chegou a 20,3, bem acima do especificado pelo Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de. Neste bairro, em 2011, foram 17 casos em humanos; no ano seguinte, 2012, o n&uacute;mero subiu para 24, e em 2013, o n&uacute;mero de casos reduziu para 20. Totalizando, nos &uacute;ltimos tr&ecirc;s anos, 61 casos no Aragua&iacute;na Sul.<br /> <br /> A partir desses dados, as a&ccedil;&otilde;es s&atilde;o priorizadas nestes bairros, como o inqu&eacute;rito sorol&oacute;gico canino, educa&ccedil;&atilde;o em sa&uacute;de com atividades educativas e de orienta&ccedil;&otilde;es para a comunidade dos bairros e tamb&eacute;m nas escolas p&uacute;blicas.<br /> <br /> De acordo com a coordenadora t&eacute;cnica do CCZ, Ketren Carvalho Gomes, as a&ccedil;&otilde;es de combate ao Calazar, tanto na forma humana como na canina, s&atilde;o cont&iacute;nuas, realizadas o ano inteiro, mas no per&iacute;odo chuvoso, s&atilde;o intensificadas, pois &eacute; um per&iacute;odo prop&iacute;cio para a prolifera&ccedil;&atilde;o do mosquito, o fl&eacute;botomo, vetor da doen&ccedil;a. Ketren refor&ccedil;a que a popula&ccedil;&atilde;o deve ser parceira no trabalho de combate ao Calazar, pois a limpeza dos quintais e terrenos ajuda a evitar a prolifera&ccedil;&atilde;o do mosquito.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Fato Inusitado

Prefeito diz que se autonomeou secretário de Saúde 'prezando pela economia'

Wesley Camilo disse ainda que não receberá salário pela nova função.

Problemas de saúde

Ex-governador Siqueira Campos deixa UTI e pode retornar ao Tocantins em 10 dias

Ele estava internado em São Paulo para o tratamento de uma pneumonia desde o dia 4 deste mês.

Fim de ano

Mais de 60% das empresas de Palmas devem abrir vagas de emprego temporário

A maior parte das vagas será para empresas do segmento de vestuário (28,3%).

LDO

Governo do Tocantins espera arrecadar R$ 10,2 bilhões nos próximos três anos

Os demonstrativos das metas fiscais para 2019-2021 foram apresentados na Assembleia Legislativa.

Brasil

Carteiro amigo de cachorros faz sucesso com selfies na internet e conta segredo

Ele começou postando fotos e vídeos curtos e atualmente tem mais de 45 mil seguidores no Instagram.

Para 2019

Deputados e senadores do Tocantins têm R$ 15,4 milhões de emendas individuais

As emendas devem priorizar saúde, educação e segurança pública.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.