Saúde

Com sessões de cinema, Hospital Dom Orione capacita profissionais sobre segurança do paciente

'Orioneflix' envolveu mais de 700 colaboradores de todos os setores da instituição.

Por Redação
Comentários (0)

19/04/2024 17h34 - Atualizado há 1 mês
Hospital reuniu os colaboradores para o treinamento lúdico

Notícias do Tocantins - ‘Comunicação e Trabalho em Equipe’: esse é o tema da campanha nacional Abril pela Segurança do Paciente – 2024, promovida pelo Ministério da Saúde em todo o país. No Hospital Dom Orione, a temática foi abordada durante a segunda edição do ‘Orioneflix’. Realizada entre os dias 16 e 19, a atividade contou com uma série de vídeos sobre situações no ambiente hospitalar que podem contribuir com a segurança do paciente. 

A ação foi promovida pelo Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do Hospital Dom Orione. Annallena Costa, coordenadora do núcleo, explica que o NSP está constantemente desenvolvendo ações para fortalecer a segurança do paciente dentro da instituição. “Em sua segunda edição, o ‘Orioneflix’ é um momento descontraído através de cinema com vídeos curtos sobre as metas internacionais de segurança do paciente”, completou 

Ao todo, cerca de 700 colaboradores participaram da capacitação. Emerson Alves, coordenador de Apoio Operacional, foi um dos participantes. Ele destaca a importância da atividade educativa lúdica para o engajamento da equipe. “A segunda edição do ‘Orioneflix’ nos possibilitou um leque, numa abertura enorme de visão no que tange os quesitos de segurança do paciente e segurança do modo geral também”, destacou. 

Para o diretor presidente do Hospital Dom Orione, Padre Bruno Rodrigues, a realização dessa atividade é fundamental para a instituição. “A segurança do paciente é um atributo da Qualidade e aqui no Hospital Dom Orione é um serviço de bem direcionado àqueles que batem na nossa porta, desde à entrada até a sua saída. Um cuidado integral”, frisou. 

Durante o evento, foram trabalhadas as metas internacionais de segurança do paciente, que englobam: Identificar corretamente o paciente; Melhorar a comunicação entre profissionais de Saúde; Melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos; Assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e paciente correto; Higienizar as mãos para evitar infecções; e Reduzir o risco de quedas e úlceras por pressão.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.