Estado é referência

Comitiva dos Estados Unidos desembarca no Tocantins para conhecer fazendas produtoras de soja

Até o dia 26 de janeiro, a comitiva vai percorrer diversas propriedades rurais no estado.

Por Redação 2.396
Comentários (0)

25/01/2024 15h09 - Atualizado há 3 meses
Comitiva no Tocantins

O presidente do sistema FAET/Senar, Paulo Carneiro, recebeu em Palmas uma comitiva organizada pela Embaixada dos Estados Unidos que está visitando áreas agrícolas no Brasil.

A comitiva é composta pela doutora Sunita Yadav-Pauletti, do Departamento de Agricultura dos EUA, em Washington, por Joseph Collins Degreenia, adido agrícola da Embaixada dos EUA em Brasília e Marcos Vinícius Sasso Bento, especialista agrícola da Embaixada americana. 

Segundo Sunita Yadav-Pauletti, a intenção da missão americana, que também visitará o estado de Mato Grosso, é conhecer os modelos de gestão das propriedades rurais e, sobretudo, quais as estimativas e perspectivas da produção de grãos no Brasil, em especial a soja.

“Viemos ao Tocantins porque queríamos não só conhecer uma região com a atividade agrícola já consolidada, como em Mato Grosso, mas também uma região promissora na última fronteira agrícola do Brasil, onde o Tocantins é referência”, destacou. 

Na sede da FAET, os membros da comitiva assistiram a uma apresentação do Sistema FAET/Senar, as ações que a Federação e o Senar desenvolvem em benefício do produtor rural tocantinense e a contribuição das entidades na evolução da produção agropecuária do estado. O superintendente da FAET, Fred Sodré, e o diretor de Educação Profissional do Senar, Luiz Cláudio Faria, também apresentaram um panorama da produção de grãos no Tocantins. 

Até o dia 26 de janeiro, a comitiva vai percorrer diversas propriedades rurais do Tocantins. Eles escolheram a região sul do estado para priorizar nas visitas, principalmente fazendas de produção de soja nos municípios de Gurupi e Cariri.

“Ficamos felizes com a escolha feita pela comitiva americana, o que demonstra o interesse que o Tocantins está despertando em todo o Brasil e no mundo por conta do imenso potencial que temos para produzir alimentos”, afirmou Paulo Carneiro.

Comitiva no Tocantins

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.