Investigação rápida

Deic de Araguaína frustra golpe em venda de fazenda e consegue recuperar mais de R$ 1 milhão

Imóvel rural fica no sudeste do Estado. Justiça decreta prisão de suspeito.

Por Redação 1.372
Comentários (0)

24/11/2023 17h07 - Atualizado há 7 meses
Vítima chegou a transferir R$ 1,1 milhão para a conta o criminoso

A pronta intervenção da Polícia Civil do Tocantins evitou um golpe de estelionato que já estava em curso, tendo como vítimas pessoas que estavam comprando uma fazenda localizada na região sudeste do Estado. As investigações foram realizadas pela 3ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC de Araguaína).

Com a ação deflagrada, foi possível recuperar R$ 1 milhão que os compradores já tinham depositado na conta do falsário. 

O delegado Alexander Pereira da Costa explicou que o golpista não mora no Tocantins, mas ainda assim obteve informações de que a fazenda estava à venda e, de modo fraudulento, passou a intermediar a venda do imóvel rural para as vítimas. O criminoso já está sendo procurado pela Polícia Civil.

“Os proprietários da fazenda moram no Estado do São Paulo e sequer sabiam do que se passava, pois o falsário forjou um falso contrato de compra e venda em que tinha supostamente adquirido a propriedade e então, passou a anunciá-la à venda pelo valor de R$ 8 milhões”, disse. 

Desse modo, enganando ambas as partes, pois se apresentava como um intermediário, o investigado foi até à fazenda, conseguiu as chaves do imóvel e mostrou a propriedade aos futuros compradores, que acreditando tratar-se de um negócio lícito, depositaram R$ 1,13 milhão, a título de entrada visando adquirir a posse da fazenda. 

Porém pouco tempo depois, eles perceberam que haviam caído em um golpe e que na verdade, o vendedor não passava de um falsário sem direito algum sobre a propriedade. 

Diante dos fatos, as vítimas que moram no norte do Estado procuraram a Polícia Civil, que deu início às investigações e conseguiu recuperar R$ 1 milhão que já estavam em poder do criminoso. 

Prisão preventiva decretada 

O delegado Alexander ressalta ainda que o suspeito já foi identificado e está com a prisão preventiva decretada, sendo procurado pela Polícia. A autoridade policial faz um alerta à população em geral, para que ao adquirir qualquer bem, desde aqueles com preços mais baixos até uma fazenda avaliada em milhões de reais, como foi o caso narrado, que sejam adotadas todas as providências para que o possível comprador não seja vítima de golpe.

“É muito importante que as pessoas se certifiquem de que os indivíduos que estejam realizando os negócios tenham idoneidade e estejam aptos a realizar os negócios. Também é de suma importância que os documentos apresentados sejam verificados pelos meios competentes no intuito de se evitar prejuízos”, disse.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.