Em Paraíso

Detentos tentam subornar agentes penitenciários dentro de Fórum no Tocantins

As visitas a eles foram suspensas e os dois devem responder criminalmente, inclusive pela tentativa de suborno.

Por Redação 1.103
Comentários (0)

23/11/2018 10h46 - Atualizado há 1 ano
Celulares apreendidos

Agentes penitenciários frustraram a ação de dois detentos da Casa de Prisão Provisória de Paraíso dentro do Fórum da cidade nessa quinta-feira (22). Vinícius Brasil e João Vitor Cunha estavam no local para uma audiência.

Segundo a Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), Vinícius pediu a um dos três agentes penitenciários de escolta que o levasse até o banheiro, alegando se tratar de uma necessidade urgente.

Porém, ao chegar ao banheiro, ele se mostrou bastante nervoso e apreensivo, despertando a desconfiança do agente. O detento, em atitude suspeita, mantinha olhar fixo para um cesto de papel, onde foram encontrados dois aparelhos celulares.

Segundo o agente William da Costa, que acompanhou Vinícius até o banheiro, os celulares estavam embaixo do cesto embrulhados em saco plástico preso por fita crepe.

Ainda segundo a Seciju, um do detentos ainda tentou subornar os agentes com gestos que sugeriam a oferta de dinheiro em troca da facilitação para a entrada dos celulares na unidade prisional.

Levamos eles para a delegacia e depois para a unidade prisional. Além disso, formalizamos um PAD (Procedimento Administrativo Disciplinar), suas visitas foram suspensas e devem responder criminalmente, inclusive pela tentativa de suborno”, conta o agente.

Para o chefe de segurança da CPP de Paraíso, Márcio José Batista Ferreira, tal ato, ocorrido próximo à sala de audiências e quase às vistas de uma juíza, demonstra ousadia e imensa falta de respeito.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.