Prêmio Escola que Transforma

Edital da Seduc prevê cerca de R$ 2 milhões para premiar escolas, professores e alunos no Tocantins

Inscrições vão de 05 de junho a 11 de agosto.

Por Redação 627
Comentários (0)

26/05/2023 14h40 - Atualizado há 11 meses
Iniciativa abrange todas as etapas e modalidades de ensino

Buscando reconhecer as boas práticas desenvolvidas por instituições de ensino e professores das escolas públicas do Tocantins, o Governo do Estado lançou o Prêmio Escola que Transforma. O edital prevê premiações de cerca de R$ 2 milhões.

O concurso, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), é destinado às unidades escolares, aos profissionais titulares de projetos/ações e estudantes protagonistas da Pré-Escola II da Educação Infantil e da Educação Básica, pertencentes à rede municipal e estadual de Educação do Tocantins.

O Prêmio Escola que Transforma será desenvolvido em consonância com o Programa de Fortalecimento da Educação (PROFE) e tem por finalidade valorizar as unidades escolares e os profissionais que desenvolveram iniciativas/práticas exitosas resultantes de projetos/ações integradas com a equipe escolar e comunidade no processo de ensino e aprendizagem. 

“Esse é o maior e mais abrangente prêmio já realizado no Tocantins, com o objetivo de promover a valorização das escolas, dos profissionais e dos estudantes que se destacaram em experiências bem-sucedidas e que contribuem para a melhoria contínua da educação tocantinense. O Governo do Estado quer dar visibilidade aos esforços empreendidos por educadores e educandos que obtiveram bons resultados no processo do ensino e da aprendizagem, disseminando as boas práticas de forma que elas sirvam de inspiração, além de fortalecer o regime de colaboração entre Estado e municípios”, elencou o secretário de Estado da Educação, Fábio Pereira Vaz.

Inscrição e seleção 

O período de inscrições do Prêmio Escola que Transforma inicia em 5 de junho e segue até o dia 11 de agosto deste ano. Poderão participar todas as unidades escolares e os profissionais que atuam na Pré-Escola II da Educação Infantil e na Educação Básica das redes municipal e Estadual de Educação. 

Para participar, basta encaminhar os formulários de inscrição na ferramenta Google Forms, disponível neste link, indicando a Diretoria Regional de Educação (DRE) de sua jurisdição, a cidade, a unidade escolar e a modalidade pela qual deseja concorrer.

No ato da inscrição, o candidato ou gestor escolar deve apresentar a prática exitosa, referente aos anos letivos de 2022 e 2023, que aborde um ou mais dos seguintes critérios: Gestão democrática envolvendo a comunidade escolar e local; Desenvolvimento do protagonismo juvenil; Fortalecimento da competência socioemocional; Interdisciplinaridade; Impacto positivo na aprendizagem dos estudantes por meio dos projetos/ações.

As escolas municipais Pré-Escola II e Escola de Ensino Fundamental Educação Regular/Parcial/Integral não concorrerão com as escolas estaduais. Cada rede concorrerá com a modalidade/regime de oferta de ensino, podendo se inscrever em uma ou mais modalidades.

Estudantes protagonistas

Os profissionais titulares dos projetos/ações deverão selecionar os estudantes protagonistas que melhor preencherem os requisitos dentre as turmas que a ação foi desenvolvida, com base nos critérios: assiduidade, pontualidade, participação, engajamento, autoconhecimento, protagonismo e resultado de aprendizagem.

Premiações 

Os campeões do Prêmio Escola que Transforma serão conhecidos no mês de setembro, e a entrega da premiação acontecerá durante o Seminário de Gestão promovido pela Seduc, em novembro.   

As unidades escolares, os profissionais titulares de projetos/ações e estudantes protagonistas selecionados em 1º, 2º e 3° lugar de cada modalidade serão premiados conforme as categorias. 

Na categoria Unidades Escolares, serão destinados R$ 30 mil para as escolas que os profissionais titulares dos projetos/ações obtiverem classificação em 1º lugar, R$ 20 mil para as escolas cujos classificados alcancem o 2º lugar e R$ 10 mil para as de 3º lugar. 

Na categoria Profissionais, serão premiados com R$ 10 mil os autores dos projetos/ações classificados em 1º lugar, R$ 8 mil para o 2º colocado e R$ 5 mil para o 3º.

Para os Estudantes Protagonistas, serão entregues R$ 1 mil para os 10 educandos envolvidos nos projetos/ações classificados em 1º lugar, R$ 800 para os 10 estudantes do 2º lugar e R$ 500 para os 10 alunos da iniciativa que alcançar o 3º lugar.

A premiação às unidades escolares, aos profissionais titulares dos projetos/ações e aos estudantes protagonistas pertencentes à esfera estadual será executada em forma de repasse à Associação de Apoio à Escola (AAE), que fará a entrega dos valores aos estudantes, se maior de idade ou aos responsáveis, quando menores de idade. 

Os recursos da premiação das unidades escolares da rede estadual de educação serão utilizados para custear ações de melhoria do processo de ensino e aprendizagem, com prestação de contas, conforme legislação vigente. A premiação para as unidades escolares, profissionais titulares dos projetos/ações e estudantes protagonistas pertencentes à esfera municipal será feita em forma de repasse à Associação de Apoio à Escola e/ou organismo colegiado equivalente, legalmente constituído.

O edital completo do Prêmio Escola que Transforma está disponível aqui.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.