Reivindicação

Em Araguaína, ministro Tarcísio receberá movimento que luta pelas obras da BR-010

Pavimentação da rodovia vai beneficiar uma população de 500 mil habitantes.

Por Redação 1.552
Comentários (0)

21/03/2022 15h44 - Atualizado há 4 meses
Trecho da BR-010 entre Aparecida e Rio Sono.

Os representantes do Movimento Pró-BR-010 vão se reunir nesta terça-feira (22/3), em Araguaína, com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que estará acompanhando a comitiva do presidente Jair Bolsonaro à cidade. 

Durante o encontro com o ministro, o movimento vai solicitar ao ministro a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia para pavimentação da BR-010, entre Aparecida do Rio Negro e Goiatins, além da inclusão da rodovia no rol de obras prioritárias em 2022. 

A reunião é intermediada pelo líder da Bancada Federal, deputado Osires Damaso (PSC), e pelo senador Eduardo Gomes (MDB). 

O Pró-BR-010 será representado por vários prefeitos, vereadores, produtores rurais e empresários. O grupo vai pedir também que a Governo Federal assuma a TO-020, entre Palmas a Aparecida do Rio Negro, e a TO-050, de Palmas a Silvanópolis, conforme Lei Estadual nº 3.286, aprovada na Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, em 9 de novembro de 2017. 

BENEFÍCIOS

Em documento a ser entregue ao ministro, os representantes do movimento explicam que a pavimentação da BR-010 trará inúmeros benefícios ao Tocantins, já que a rodovia dá acesso às vias que levam à região turística do Jalapão, à região central do Matopiba e a muitas localidades que necessitam de estradas para se desenvolver. 

Segundo o Movimento, o trecho demandado é de aproximadamente 300 km, entre segmentos já pavimentados e sem cobertura asfáltica. De acordo com o DNIT, neste momento essa parte da rodovia espera a contratação do projeto de engenharia, que antecipa a construção da obra. 

A conclusão da BR-010 desafogará a 153, em até 30%, e ajudará no abastecimento dos modais da Ferrovia Norte-Sul e da futura Hidrovia do rio Tocantins. 

A obra dará também melhor acesso e oportunidades aos moradores dos municípios situados às margem direita do Rio Tocantins: Aparecida do Rio Negro, Barra do Ouro, Chapada da Natividade, Porto Nacional, Goiatins, Itacajá, Itapiratins, Paranã, Pedro Afonso, Rio Sono, Santa Maria, Santa Rosa, Silvanópolis e a própria capital Palmas 

No documento, está especificado que, juntos, esses municípios têm uma população de aproximadamente 500 mil habitantes e um Produto Interno Bruto (PIB) superior a R$ 15 bilhões, que se multiplicaria com a construção/pavimentação da rodovia.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.