Sistema on-line insuficiente

Em ofício, OAB/TO pede retorno imediato do atendimento presencial no Judiciário

Entidade alega que o órgão ficou inacessível via on-line

Por Joselita Matos
Comentários (0)

30/07/2021 17h40 - Atualizado há 1 mês
Presidente da OABTO afirmou que a Justiça ficou distante da advocacia e da sociedade

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins enviou ofício ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, João Rigo Guimarães, solicitando o retorno imediato do atendimento presencial no Estado. A advocacia alega o funcionamento ineficiente dos sistemas online oferecidos pelo órgão de Justiça, que na prática torna o judiciário inacessível, com grave prejuízo na defesa dos direitos do cidadão.

De acordo com o presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga, o sistema telepresencial, da forma aplicada, deixou na prática a Justiça distante da advocacia e da sociedade. “É necessário ainda muito investimento do TJ/TO em pessoal, infraestrutura e tecnologia para que os sistemas online de fato funcionem e diante dessa realidade faz-se urgente o retorno do atendimento presencial. Para que de fato exista Justiça é preciso atender ao cidadão com efetividade e a advocacia com respeito”, defendeu.

Segunda a entidade, o insucesso dos sistemas online implementados pelo TJTO tornou os magistrados e servidores praticamente inacessíveis, violando uma prerrogativa imprescindível à advocacia e à Justiça. As instabilidades constantes no e-Proc, na demora no atendimento e expedição de alvarás eletrônicos demonstram essa ineficiência.

ASSUNTOS tjto oabto

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.