Porto Nacional

Enfermeira é agredida com capacete em hospital público no Tocantins, denuncia Coren

Conselho repudiou agressão e cobrou apuração do caso.

Por Redação 2.275
Comentários (0)

15/12/2020 11h01 - Atualizado há 3 anos
Hospital Regional de Porto Nacional

Uma enfermeira de 58 anos lotada no Pronto Socorro do Hospital Regional de Porto Nacional foi atingida na cabeça com um capacete e agredida verbalmente na noite deste domingo (13) durante o plantão.

A denúncia foi feita, através de nota de repúdio, pelo Conselho Regional de Enfermagem do Tocantins, o Coren-TO, na manhã desta terça-feira (15).

Segundo informações divulgadas pela entidade, as agressões partiram da irmã de uma paciente que estava sendo atendida na sala de emergência.

O Corento-TO manifestou indignação diante do fato e ressaltou que a violência não resulta em solução. “Agredir profissionais de saúde não soluciona nenhum dos problemas de atendimento, seja ele no setor público ou privado, além de ser um total desrespeito aos profissionais que disponibilizam seu conhecimento e força de trabalho em prol de cuidar da saúde e bem-estar dos pacientes”, disse o Coren.

A entidade ainda se solidarizou com toda equipe de enfermagem do Hospital Regional de Porto Nacional, em especial a profissional agredida, e disse que tais atos de violência devem ser combatidos pelo poder público.

O Conselho de Enfermagem solicita que as autoridades da segurança pública apurem o ocorrido e que a agressora seja responsabilizada pelos seus atos. A enfermagem merece respeito!”, finalizou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.