Bolsa permanência

Estudantes com bom desempenho escolar vão receber R$ 100 por mês e R$ 1 mil no fim do ano

Aluno precisa ter 80% de frequência e média 7 em todas as disciplinas, no mínimo.

Por Redação 3.061
Comentários (0)

09/02/2024 17h23 - Atualizado há 2 semanas
Estudantes cadastrados receberam o total de R$ 1.900,00

Os estudantes da rede estadual do Tocantins que cursam o 9º ano do ensino fundamental e as três séries do ensino médio, em regime de tempo integral, receberão, em 2024, R$ 100 mensais do Governo do Tocantins.

Desenvolvido desde 2023, pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a bolsa permanência, batizada de ‘Presente, PROFE’, busca incentivar a continuidade da jornada escolar e evitar a evasão.  

Neste ano, o Governo do Estado dobrou o valor do investimento do 'Presente, PROFE', destinando cerca de R$ 10 milhões para as bolsas. A ação faz parte do Programa de Fortalecimento da Educação (PROFE) e, neste ano, pagará nove parcelas de R$ 100, e outra no valor de R$ 1 mil, ao final do ano letivo, mediante o cumprimento das condicionantes previstas pelo programa.

O recebimento do apoio financeiro está condicionado aos seguintes requisitos cumulativos: adesão por meio da entrega de documentos, frequência mínima de 80% em todas as aulas no período apurado e aprovação igual ou maior que a média 7,0 em 100% nas disciplinas regulares. O monitoramento da frequência e aproveitamento do estudante será realizado pela equipe multiprofissional da escola.

O secretário de Estado da Educação, Fábio Vaz, ressaltou o empenho da gestão atual com a melhoria da educação. “Com o ‘Presente, PROFE’, o Governo do Tocantins reafirma seu compromisso com a educação de qualidade, incentivando a permanência dos estudantes e contribuindo para os indicadores educacionais em todo o território tocantinense. É uma ação inédita no Estado, na qual tivemos êxito em 2023 e que certamente teremos resultados ainda melhores em 2024”, enfatizou.

PROFE

O Programa de Fortalecimento da Educação (PROFE) visa promover avanços na educação básica pública de todo o Estado. Até 2027, o PROFE prevê investimentos em obras, tecnologia, valorização dos servidores, apoio aos municípios, entre outras iniciativas para alavancar os indicadores educacionais.

O PROFE é desenvolvido pela Seduc, e a metodologia é dividida em oito eixos norteadores: aprendizagem; educação tecnológica e inovadora; investimentos e infraestrutura; desporto e cultura; educação inclusiva; formação dos profissionais da educação; valorização dos profissionais da educação; e PROFE nos municípios.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF Notícias. Todos os direitos reservados.