Jorge Frederico invade campo durante partida do Tourão contra o Palmas e tenta agredir árbitro; ACETO repudia atitude

Por Redação AF
Comentários (0)

24/04/2013 14h30 - Atualizado há 2 meses
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;"><u><strong>Da Reda&ccedil;&atilde;o</strong></u><br /> <br /> Em nota &agrave; imprensa, a&nbsp;</span><span style="font-size: 14px;">Associa&ccedil;&atilde;o dos Cronistas Esportivos do Tocantins (Aceto)</span><span style="font-size: 14px;">&nbsp;repudiou a atitude do deputado araguainense Jorge Frederico (PSD) que invadiu o campo durante jogo do Aragua&iacute;na contra o Palmas no &uacute;ltimo s&aacute;bado (20). O cl&aacute;ssico ficou no empate, 1 x 1.</span></div> <div style="text-align: justify;"> <br /> <span style="font-size:14px;">De acordo a nota, a Associa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o compactua com qualquer ato irregular cometido por qualquer pessoa, entidade ou representante, seja de qual segmento for.<br /> <br /> <u><strong>Deputado pode ser punido</strong></u><br /> <br /> A ACETO disse ainda que lamenta a postura do deputado estadual Jorge Frederico, que destemperado, agiu com total imprud&ecirc;ncia, desrespeitando a lei e infringindo o C&oacute;digo Brasileiro Desportivo, podendo ser punido e tamb&eacute;m prejudicar o time do Aragua&iacute;na, na partida do Tour&atilde;o contra o Palmas, na primeira rodada do returno Campeonato Tocantinense.<br /> <br /> Conforme a nota, independente de qualquer erro de arbitragem que possa ter cometido o &aacute;rbitro Raimundo Ramos, quem deve julg&aacute;-lo e puni-lo na esfera desportiva &eacute; o departamento t&eacute;cnico da Federa&ccedil;&atilde;o Tocantinense de Futebol e o Tribunal de Justi&ccedil;a Desportiva.<br /> <br /> Nunca, sob qualquer pretexto, o deputado torcedor ou torcedor deputado, poderia invadir o campo, usando inclusive a prerrogativa de deputado, o que pode agravar ainda uma poss&iacute;vel pena, e tentar agredir o &aacute;rbitro e ainda ofend&ecirc;-lo moralmente.<br /> <br /> <u><strong>Lei</strong></u><br /> <br /> Segundo a ACETO, na busca do profissionalismo e aprimoramento do nosso futebol, todos os atores envolvidos, incluindo-se torcedores - era essa a condi&ccedil;&atilde;o do deputado Jorge Frederico na partida - imprensa, atletas, dirigentes, est&atilde;o sujeitos &agrave; lei e a Aceto &eacute; intransigente na defesa dos direitos dos profissionais da imprensa, mas entende que existem tamb&eacute;m deveres, que devem ser cumpridos por todos.<br /> <br /> O Estatuto do Torcedor e a Lei Brasileira Desportiva s&atilde;o claras com rela&ccedil;&atilde;o a comportamentos nocivos como o praticados pelo nobre deputado.<br /> <br /> <u><strong>Comportamento inadimiss&iacute;vel</strong></u><br /> <br /> A nota reconhece que o futebol nutre e gera paix&otilde;es incontrol&aacute;veis, mas considera inadmiss&iacute;vel o comportamento do deputado araguainense, que &eacute; desportista, radialista e uma pessoa muito bem relacionada na sociedade araguainense e tocantinense.<br /> <br /> A Associa&ccedil;&atilde;o diz ainda que o &aacute;rbitro seja punido pelos meios legais esportivos competentes pelo erros que por ventura tenha cometido. E que a mesma lei seja imputada ao torcedor Jorge Frederico, sob pena de nunca sairmos da&nbsp; vis&atilde;o amadora que impera em nosso Estado no tocante ao futebol.<br /> <br /> E questiona: Qual seria a atitude do mesmo deputado, se qualquer cidad&atilde;o se dispusesse a agredi-lo ou ofende-lo em seu local de trabalho, na Assembleia Legislativa?<br /> <br /> A nota diz ainda que o cidad&atilde;o brasileiro e tocantinense tem muitos motivos para se indignar com as a&ccedil;&otilde;es dos pol&iacute;ticos. Que este mesmo &#39;arroubo&#39; que teve o&nbsp; deputado Jorge Frederico dentro do Est&aacute;dio Mirand&atilde;o, tamb&eacute;m tenha nas sess&otilde;es plen&aacute;rias, em prol da defesa dos tocantinenses, e em especial dos cidad&atilde;os do norte do estado e de Aragua&iacute;na.<br /> <br /> A ACETO finaliza afirmando que atitudes como essa s&oacute; envergonham o futebol, a cidade e o Tour&atilde;o do Norte, que mesmo envolvido em v&aacute;rios problemas dentro e fora de campo, n&atilde;o precisa desta &#39;ajuda&#39; proporcionada pelo deputado Jorge Frederico.<br /> <br /> A nota foi assinada pelo presidente da entidade Gilberto Correia da Silva.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.