Certame anulado

Mais de 86 mil pessoas podem reembolsar a inscrição do concurso anulado da PM-TO

Certame foi realizado em 2018 e ofertou vagas para praças e oficiais.

Por Redação 1.802
Comentários (0)

18/01/2021 08h41 - Atualizado há 3 anos
Entrada do Quartel do Comando Geral da PM-TO

O prazo para os candidatos que se inscreveram para o concurso da Polícia Militar do Tocantins (PM-TO) anulado por fraudes poderão solicitar o reembolso da taxa a partir desta segunda-feira (18). O certame foi realizado em 2018 e ofertou vagas para praças e oficiais.

No total, foram 86.523 inscrições, sendo 76.050 para o cargo de Soldado e o restante (10.473) para Oficial. A taxa de inscrição custou R$ 80 e R$ 120, respectivamente. 

Todo o processo de devolução da taxa de inscrição será realizado de forma virtual. É obrigatório o fornecimento de conta bancária, cujo titular seja o candidato inscrito.

Durante o período de solicitação através de um site disponibilizado pela PM, que vai até 03 de março, o candidato poderá editar os dados fornecidos, se necessário. Depois desse prazo, já será realizada a análise dos pedidos encaminhados.

Os dados dos candidatos estavam com a empresa responsável pela primeira fase do certame e só foram repassados à PM-TO depois de decisão judicial.

O valor da taxa de inscrição referente ao certame anulado não pode ser reaproveitado para saldar a taxa de inscrição do novo concurso da PM do Tocantins que oferta 1.000 vagas e está com as inscrições abertas. 

O site por onde os candidatos farão as solicitações está disponível aqui. O AF Notícias tentou acessar o endereço até as 08h40 desta segunda-feira e não conseguiu.  

O edital com todas as regradas para devolução da taxa está aqui.

Como fazer o cadastro

O usuário apto para o reembolso deve acessar o endereço eletrônico indicado, clicar em “Primeiro Acesso” e preencher os dados solicitados para validação, a fim de criar acesso ao sistema (login e senha).

Após acessar o sistema, o candidato deverá indicar para qual certame ele está solicitando o reembolso, preenchendo os dados solicitados. Em seguida, o usuário deve fornecer ainda um documento de identificação com foto emitido por órgãos oficiais (obrigatório).

A PM/TO destaca ainda que não se responsabiliza por dados incorretos ou preenchimento incompleto das informações ao envio do cadastro, e que somente serão aceitas contas bancárias do tipo Conta Poupança e/ou Conta Corrente cujo titular seja o candidato inscrito. Bancos virtuais ou congêneres não serão aceitos para o reembolso.

O sistema on-line de reembolso está disponível por meio do endereço eletrônico: https://www.ressarcimentoconcurso2018.pm.to.gov.br/login. A plataforma segue aberta para cadastro até o dia 3 de março de 2021.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.