‘Chave Mestra’

Operação mira advogados e servidores da Justiça suspeitos de vazar informações sigilosas

Estão sendo cumpridos 16 mandados judiciais, sendo 1 de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão.

Por Redação 1.347
Comentários (0)

29/01/2019 09h11 - Atualizado há 3 meses
Fórum de Palmas

Uma operação da Polícia Civil foi deflagrada contra advogados e servidores públicos do Poder Judiciário para apurar a existência de um esquema criminoso de vazamento de informações de processos sigilosos no Tocantins.

Estão sendo cumpridos 16 mandados judiciais, sendo 1 de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão e diversas intimações simultâneas.

Segundo a polícia, servidores do judiciário usavam suas senhas para obter informações restritas no sistema e-Proc e negociá-las. Via de regra, os vazamentos dificultavam as investigações e a condenação dos investigados.

Segundo a polícia, não há indícios de violação à integridade do sistema e-Proc. A operação foi chamada de 'Chave Mestra' em decorrência do amplo acesso dado aos logins e senhas utilizadas no esquema.

Participaram da operação a DRCC, DRACMA, DOT, DENARC, DEIC, DHPP, 1ª DP, DRR (Araguaína) e Peritos Criminais da Polícia Civil.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.