Polícia Civil diz que desmantelou uma tentativa de fraude onde candidato venderia gabarito

Por Redação AF
Comentários (0)

02/06/2014 18h31 - Atualizado há 1 mês
<span style="font-size:14px;">O Governo do Estado afirmou nesta segunda-feira (2) que o trabalho de intelig&ecirc;ncia realizado pela Pol&iacute;cia Civil desmantelou uma tentativa de fraude nas provas do concurso p&uacute;blico que foi realizado neste domingo, 1&ordm; de junho, da primeira etapa do certame para os cargos de Agente de Pol&iacute;cia, Escriv&atilde;o de Pol&iacute;cia, Papiloscopista e Agente de Necrotomia.<br /> <br /> Os detalhes da opera&ccedil;&atilde;o da Pol&iacute;cia Civil foram apresentadas durante coletiva de imprensa concedida pelo secret&aacute;rio de Estado da Seguran&ccedil;a Publica Jos&eacute; Eli&uacute; de Andrada Jurubeba, em seu Gabinete na sede da SSP, em Palmas. Al&eacute;m dele, participam da entrevista coletiva, o secret&aacute;rio-executivo da SSP, delegado Deusiano Pereira, o corregedor Geral da Pol&iacute;cia Civil, Jos&eacute; Evando de Amorim e o corregedor, M&aacute;rcio Girotto Vilela, secret&aacute;rio da Administra&ccedil;&atilde;o, L&uacute;cio Mascarenhas, o comandante da Pol&iacute;cia Militar, coronel Luis Cl&aacute;udio Ben&iacute;cio, e o coordenador da Funda&ccedil;&atilde;o Aroeira, Ronaldo Pinheiro.<br /> <br /> Conforme o secret&aacute;rio Eli&uacute; Jurubeba, o suspeito, Leon&iacute;cio de Sousa da Silva, que </span><span style="font-size:14px;">&eacute; Agente de Pol&iacute;cia,&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">foi conduzido &agrave; Corregedoria da&nbsp;Pol&iacute;cia Civil, onde prestou depoimento, sendo instaurado o competente inqu&eacute;rito policial, bem como foram tomadas todas as provid&ecirc;ncias cab&iacute;veis para o esclarecimento dos fatos.<br /> <br /> A Pol&iacute;cia chegou at&eacute; ele ap&oacute;s uma den&uacute;ncia an&ocirc;nima. Conforme o relato, Leon&iacute;cio da Silva, que fez prova para escriv&atilde;o, tentaria sair r&aacute;pido da sala a fim de repassar as respostas para outros dez candidatos. No entanto, a Pol&iacute;cia Federal, a pedido da organiza&ccedil;&atilde;o do concurso, refor&ccedil;ou a fiscaliza&ccedil;&atilde;o no momento da prova, impedido qualquer apontamento irregular.<br /> <br /> Conforme a Pol&iacute;cia, logo que terminou a prova, o pr&oacute;prio acusado confessou, em depoimento, que inicialmente tinha a inten&ccedil;&atilde;o de vender as respostas por valores entre R$ 20 mil e R$ 30 mil para cada pessoa.<br /> <br /> A tentativa de fraude ocorreu na aplica&ccedil;&atilde;o das provas na Faculdade Cat&oacute;lica do Tocantins em Palmas.</span><br /> <br />
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Fato Inusitado

Prefeito diz que se autonomeou secretário de Saúde 'prezando pela economia'

Wesley Camilo disse ainda que não receberá salário pela nova função.

Problemas de saúde

Ex-governador Siqueira Campos deixa UTI e pode retornar ao Tocantins em 10 dias

Ele estava internado em São Paulo para o tratamento de uma pneumonia desde o dia 4 deste mês.

Fim de ano

Mais de 60% das empresas de Palmas devem abrir vagas de emprego temporário

A maior parte das vagas será para empresas do segmento de vestuário (28,3%).

LDO

Governo do Tocantins espera arrecadar R$ 10,2 bilhões nos próximos três anos

Os demonstrativos das metas fiscais para 2019-2021 foram apresentados na Assembleia Legislativa.

Brasil

Carteiro amigo de cachorros faz sucesso com selfies na internet e conta segredo

Ele começou postando fotos e vídeos curtos e atualmente tem mais de 45 mil seguidores no Instagram.

Para 2019

Deputados e senadores do Tocantins têm R$ 15,4 milhões de emendas individuais

As emendas devem priorizar saúde, educação e segurança pública.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.