Tocantins

Políticos do PA e GO podem ter envolvimento com apreensão de R$ 1,2 milhão, diz PM

O dinheiro estava dentro de malas em um veículo Toyota Corolla e foi interceptado na TO-050.

Por Agnaldo Araujo 1.897
Comentários (0)

02/10/2018 10h48 - Atualizado há 5 anos
Mala cheia de dinheiro

A Polícia Militar do Tocantins identificou indícios de envolvimento de políticos dos Estados do Pará e Goiás no caso da apreensão de mais de R$ 1,2 milhão na manhã desta terça-feira (02).

O dinheiro em espécie estava em malas dentro de um veículo Toyota Corolla, vermelho, e foi interceptado na TO-050, saída para Porto Nacional, pelo Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas (BPMRED).

Apesar de os ocupantes do veículo não informarem a origem do dinheiro, a PM disse que informações colhidas pelas equipes levam a crer que se trata de crime eleitoral.

O advogado Luís Olinto Rotoli Garcia de Oliveira, irmão do deputado Olyntho Neto (PSDB), também foi detido com R$ 500 mil em Araguaína, nesta segunda-feira (01), mas ele informou que o dinheiro é fruto de uma herança da sua avó e que seria para comprar gado. 

Nos dois casos, ainda não há informações de envolvimento direto de políticos do Tocantins.

Mais de R$ 1,2 milhão foi apreendido
Dinheiro apreendido no Tocantins

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.