Sintet

Prefeito se destaca na região do Vale do Araguaia por assegurar 100% dos direitos da Educação

Gestão vai pagar progressões, retroativos e titularidades dos profissionais

Por Redação 2.392
Comentários (0)

17/02/2024 09h07 - Atualizado há 1 mês
Reunião com representantes da prefeitura.

Diretores do Sintet - Regional de Paraíso estiveram reunidos com vereadores e professores de Abreulândia, cidade tocantinense na região do Vale do Araguaia, onde fizeram os comunicados da reunião ocorrida na semana passada com a categoria.

Na ocasião, ficou acordado com o Sintet que a gestão vai pagar todas as pendências: progressões, retroativos e titularidades divididas em 24 vezes, além do reajuste do piso na carreira do magistério com efeito cascata, ou seja, em toda a carreira.

Os sindicalistas ressaltam que a gestão tem mantido um amplo diálogo, e de acordo com as finanças tem atendido a pauta de reivindicações da educação. A categoria possui um PCCR unificado para todos os trabalhadores em educação, elaborado a partir do diálogo com o Sintet.

“A atual gestão, do prefeito Manoel Moura e da Secretária Municipal de Educação, Elenita Moura, foi a única no Vale do Araguaia que fez acordo com o Sintet para garantir toda a pauta da Educação", disse o presidente do Sintet Regional de Paraíso, Nonato Silva.

A gestão cumpriu com todos os reajustes do Piso do magistério na carreira, em efeito cascata; fez concurso público e deu posse para todos em 2023; modernizou o PCCR da educação com ampla participação da categoria; pratica a eleição para diretor escolar por meio da gestão democrática e tem agendas periódicas com o Sintet para debater as demandas da categoria.

Segundo informou a gestão em reunião com o Sintet, somente no ano de 2024 e 2025 serão investidos aproximadamente 300 mil reais em pagamentos de retroativos referente ao Piso de 2023, progressões e titularidades.

“Sobre o pagamento das titularidades, a atual gestão estará atendendo uma cobrança antiga do Sintet e concedendo a categoria um direito que tanto esperavam para serem atendidos”, disse Joelson Pereira, secretário de Assuntos Municipais do Sintet.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.