Dinheiro público

Prefeitura de Goianorte consegue desbloquear repasses do FPM; gestora explica o que ocorreu

Bloqueio ocorreu por falta de envio de informações referentes ao PIS/PASEP.

Por Redação 540
Comentários (0)

12/10/2023 11h09 - Atualizado há 7 meses
Prefeita Nega disse que o bloqueio não afetou o pagamento de servidores e fornecedores

A Prefeitura de Goianorte (TO) conseguiu regularizar sua situação perante os órgãos federais e desbloquear os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A informação foi confirmada pela prefeita Maria de Jesus Amaro de Oliveira Parente, conhecida como Nega.

Em 27 de setembro, o Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi) publicou uma lista com nomes de várias prefeituras brasileiras que estavam sujeitas ao bloqueio do FPM devido à falta de envio de informações sociais. Entre elas estava a prefeitura de Goianorte.

No entanto, a equipe jurídica e contábil da prefeitura identificou que tratava-se de um equívoco contábil relacionado à falta de envio de informações referentes ao PIS/PASEP.

Segundo a prefeitura, esse equívoco foi corrigido na última segunda-feira (9), resultando na retirada da anotação e no desbloqueio do repasse do FPM. Conforme a prefeita, mesmo durante o período de bloqueio do repasse, as finanças do município de Goianorte permaneceram firmes e estáveis.

“Os pagamentos aos fornecedores não foram prejudicados, a folha de pagamento dos servidores foi mantida em dia, e os serviços essenciais para a população continuaram sendo prestados sem interrupção”, justificou a prefeita Nega.

Nega explicou que mantém as finanças municipais sempre equilibradas e que o município realiza rígido planejamento financeiro e controle eficaz dos gastos públicos.

“O município de Goianorte se destaca como referência em gestão pública para todo o estado, graças à transparência de seus atos e ao compromisso com a manutenção de uma saúde financeira”, reforçou a gestora.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.