Educação

Programa oferta bolsas no valor de R$ 300 para estudantes que foram premiados da Obmep 2023

Na rede pública são 41 estudantes que receberam medalhas na olimpíada no ano passado

Por Redação 2.098
Comentários (0)

05/02/2024 11h13 - Atualizado há 2 meses
Valéria Melissa é uma das estudantes premiadas na OBMEP.

Os estudantes que foram premiados na 18ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) com medalhas de ouro, prata e bronze podem se inscrever para o Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC), que está com inscrições abertas até o dia 8 de março.

As inscrições são realizadas no portal do PIC https://18pic.obmep.org.br. Os estudantes de escolas públicas recebem uma bolsa de estudos no valor de R$ 300 por mês, ofertada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O Programa de Iniciação Científica Júnior conta com duas modalidades de aulas, presencial e remota. O aluno pode optar pelo PIC presencial, se houver um polo de Iniciação Científica próximo a sua residência, com encontros presenciais, geralmente, aos sábados. E os participantes que optarem pelas aulas virtuais terão acesso a uma plataforma de estudos, com a ajuda de moderadores. O material didático é preparado especialmente para os estudantes conforme os níveis de participação.

Os medalhistas que já fizeram o PIC mais de duas vezes, com pelo menos uma participação no nível 3, poderão integrar o Programa Mentores Obmep, que oferece atividades ministradas por professores universitários sobre os conteúdos matemáticos.

No ano passado, o Tocantins contou com dois medalhistas de ouro na rede pública, nove estudantes que alcançaram medalhas de prata e 30 estudantes medalhistas de bronze.

Menção Honrosa

O estudante que recebeu o certificado de Menção Honrosa pode concorrer a uma vaga sobressalente do PIC. Neste caso, o aluno deve fazer o seu cadastro de reserva até o próximo dia 9 de fevereiro.

A Obmep é uma realização do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA).

Aluna participante do PIC

A estudante Valeria Melissa Santos Borges, 18 anos, concluinte do ensino médio no ano passado, no Centro de Ensino Médio Tiradentes, em Palmas, participou do PIC nos anos de 2019, 2020, 2021 e 2022 e, em 2023, ela integrou o programa de mentoria. A aluna recebeu medalha de bronze pela 5ª vez consecutiva na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. E na premiação regional, ela recebeu, no ano passado, a medalha de prata.

O meu recado para os jovens que estão no ensino médio é para aproveitarem o máximo possível, porque é uma oportunidade única que traz muitos benefícios com a bolsa e com a possibilidade de estudar com professores qualificados. Nos casos das aulas on-line, conhecemos professores e colegas de outros estados e pessoas que têm o mesmo propósito que o nosso”, contou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.