Criminalidade

Quadrilha de roubo de cargas praticou duplo homicídio para não ser delatada, diz polícia

Três pessoas foram presas. Quadrilha atuava na região de Colinas.

Por Redação 2.022
Comentários (0)

29/06/2021 08h50 - Atualizado há 5 meses
Corpos deles foram encontrados em maio

Investigações realizadas pela 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Colinas do Tocantins (3ª DRPC) resultaram na prisão de três suspeitos de envolvimento em vários roubos de cargas.

A quadrilha é especializada em roubos de rodas e pneus de caminhão, além de homicídios que estavam ocorrendo nas regiões de Colinas, Bandeirantes do Tocantins, Couto Magalhães e Bernardo Sayão. Os crimes teriam ocorrido durante o ano de 2020.

As equipes policiais cumpriram três mandados de prisão preventiva contra dois homens, de 23 e 38 anos, além de uma mulher de 23 anos, por envolvimento nos crimes. No decorrer da ação policial, também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados.

Em janeiro deste ano outro integrante da quadrilha já havia sido preso, sendo um jovem de 21 anos. 

Homicídios desvendados

Passados alguns meses, foram encontrados às margens da Rodovia TO-335, mais conhecida como TransColinas, dois corpos com várias perfurações nas cabeças, resultantes de disparos de arma de fogo. As vítimas eram dois jovens de 20 e 22 anos.

A Polícia Civil descobriu que os jovens foram assassinados por terem envolvimento direto com os crimes de roubos de carretas e que ambos faziam parte da referida associação criminosa.

Veja mais 

Motivação

Além disso, as investigações também concluíram que os dois jovens morreram porque estavam ameaçando delatar os chefes da organização, em razão dos crimes cometidos, caso não fosse providenciada assistência jurídica ao jovem de 21 anos que havia sido preso no mês de janeiro. Ele continua preso na Cadeia Pública de Colinas pelo crime de roubo a cargas.

Já os outros dois estão presos no mesmo local pelos crimes de duplo homicídio e roubo a cargas. A mulher também está recolhida pelo crime de roubo a cargas. Todos permanecem à disposição da justiça.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.