Minérios

Quartzo e outros minerais são encontrados em município que é rico em esmeraldas no Tocantins

Município é rico na produção da esmeralda. Pesquisa tem parceria da UnB.

Por Redação 1.583
Comentários (0)

22/04/2024 15h37 - Atualizado há 1 mês
Minerais são importantes para a economia do estado

Notícias do Tocantins - A Agência de Mineração do Tocantins (Ameto) está realizando uma pesquisa em conjunto com a Universidade de Brasília (UNB) e as cooperativas de garimpeiros locais para o melhor aproveitamento das esmeraldas e remineralizadores de solos por meio do desenvolvimento dos arranjos produtivos locais (APL) na região de Monte Santo. 

Este trabalho está sendo realizado após o acordo firmado em dezembro de 2023 com a Universidade de Brasília (UnB), que contribui para fomentar as cadeias produtivas de esmeralda e remineralizadores de solos no município, atendendo ao Projeto Tecnologias, Inovação e Aprendizado Coletivo, que promove o desenvolvimento de uma rede dedicada ao aproveitamento integral e racional dos recursos do arranjo produtivo de esmeralda e remineralizadores de Monte Santo, coordenado pela professora doutora Suzi Huff Theodoro, da UnB.

Pesquisas são feitas em Monte Santo

Durante os trabalhos de campo, o geólogo da Diretoria de Geologia e Mineração da Ameto, doutor Sanclever Freire Peixoto, esteve conduzindo a pesquisa, que conta com coleta e descrição de amostras de rochas e minerais, os quais serão integrados a dados geológicos, geofísicos, altimétricos e imagens de satélite.

“Visitamos vários garimpos legalizados e constatamos em campo o potencial mineral para esmeraldas e de materiais que podem ser usados como pó de rocha para fertilizar o solo e aumentar a produtividade agrícola. Foi observada a ocorrência de outros minerais como rutilo (óxido de titânio), zircão (zirconita), sodalita, quartzo, dentre outros, importantes para a economia do Estado”, ressaltou o geólogo. 

De acordo com o presidente da Ameto, general Marco Martin, a agência vem trabalhando na interação com as universidades para promover um desenvolvimento equilibrado entre o progresso econômico, social e preservação ambiental. “Estamos avançando em tecnologia, pesquisas e produtividade na região. Esse projeto possibilita a inovação e o desenvolvimento de soluções sustentáveis ao explorar novas técnicas de extração, processamento e aproveitamento dos recursos minerais”, afirmou. 

Remineralizadores de solos: insumos multinutrientes 

Nos últimos anos, o uso de pó de rocha no Brasil, denominados remineralizadores de solos, vem crescendo. A técnica da rochagem tem sido rapidamente difundida e incorporada em meio aos agricultores, o que sinaliza para uma mudança de paradigma sobre aproveitamento econômico e sustentável dos recursos ambientais. 

Os remineralizadores de solos são insumos naturais ricos em macro e micronutrientes que servem para a fabricação de fertilizantes, corretivos da acidez do solo, dentre outras aplicações. Seu uso é uma alternativa às fontes convencionais de fertilização, além de contribuir para o desenvolvimento sustentável da agricultura. 

O uso de pó de rocha no Brasil, denominados remineralizadores de solos, vem crescendo

Trabalho está sendo realizado após o acordo firmado em dezembro de 2023

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.