Negócio & Turismo

Setor de turismo se destaca e movimenta mais de R$ 500 milhões no Tocantins só em 2023

Balanço aponta que o segmento sol e praia é um dos setores responsáveis por esse resultado.

Por Redação
Comentários (0)

28/12/2023 22h25 - Atualizado há 5 meses
Praia do Escapole, em Araguanã, na região norte do estado.

O ano de 2023 foi voltado para a estruturação dos atrativos que compõem as sete regiões turísticas do Tocantins (Cantão, Ilha do Bananal, Encantos do Jalapão, Vale dos Grandes Rios, Bico do Papagaio, Serras e Lago e Serras Gerais) com resultados que atenderam e muito as expectativas, de acordo com balanço do Governo do Tocantins, por meio Secretaria do Turismo (Setur).

Com uma programação diversificada, envolvendo mais de 50 municípios, a Temporada de Praia de 2023 foi uma das ações que contribuíram para alavancar a movimentação financeira do trade do turismo. Além do Governo do Tocantins, as atividades reuniram esforços do Poder Legislativo e entidades como o Sistema “S”.

Durante a temporada, o monitoramento realizado pela Secretaria de Turismo, em 18 municípios de maior fluxo, constatou movimentação financeira de R$ 330.046.544, entre 1º e 31 de julho de 2023. Nesse período, o fluxo turístico alcançou a marca de 694.075 visitantes, destacando as Dunas do Jalapão, o atrativo mais visitado em 2023, em que 51.472 visitantes do atrativo geraram um montante financeiro de R$ 178.881.156,32. 

Investimentos

Com o objetivo de aumentar o fluxo de turistas, o Governo do Tocantins investiu mais de R$ 50 milhões para a promoção do segmento em todo o Estado. Os recursos fortaleceram a diversificação de opções de lazer para os turistas, simultaneamente, gerando emprego e renda para as pessoas envolvidas no turismo local. 

Nessa perspectiva de fortalecer a cadeia do turismo, o Governo do Tocantins uniu forças e trabalhou para fortalecer o setor. Por meio da Agência de Fomento, obteve, recentemente, do Ministério do Turismo, mais de R$ 6 milhões para a concessão de crédito a empreendimentos turísticos, via Fundo Geral de Turismo (Fungetur). Com taxas de juros de até 5% ao ano, os recursos visam financiar empreendimentos turísticos como restaurantes, lanchonetes, bares, hotéis, pousadas, centro de eventos, entre outros, além de projetos sustentáveis, como a energia solar.

Qualificação

O Governo do Estado segue investindo na cadeia do turismo. Além da qualificação dos 185 servidores da Setur, 493 pessoas, nas sete regiões turísticas, foram capacitadas para receber bem o turista, por meio do sistema de hospedagem Cama e café, além de outras ações realizadas em  parceria com o Sistema S. Para a manutenção dos programas, a Secretaria do Turismo  recebeu o aporte de R$ 5,5 milhões. O setor conta ainda com R$ 2 milhões que foram destinados aos parceiros Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e  Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio).  

Promoção do turismo

A Secretaria de Turismo também participou ativamente na construção do Plano Plurianual (PPA 2024/2027), nos desafios do eixo temático: Desenvolvimento Produtivo, Economia Criativa, Emprego e Renda. Além de ouvir as comunidades com suas temáticas pontuais, a pasta apresentou propostas como a melhoria da infraestrutura e mais apoio em projetos do setor.

Com a grande variedade de atrativos para prática de atividades de ecoturismo, além de manifestações culturais e religiosas, o Governo do Estado investiu na promoção do destino Tocantins, apresentando suas riquezas por meio da participação em feiras nacionais, a exemplo do maior evento do mercado do turismo brasileiro, a 50ª ABAV Expo, promovido pela Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), realizada entre os dias 27 e 29 de setembro, no Rio de Janeiro, com um público de mais de 42 mil visitantes. As ações governamentais do Tocantins também foram destaques no Salão do Turismo, ocorrido em Brasília, entre os dias 15 e 17 de dezembro. 

A Setur também participou e apoiou vários eventos, como: Romarias do Bonfim ocorridas no mês de agosto (Natividade e Tabocão); Festa da Rapadura, ocorrida em julho, na cidade São Félix do Tocantins; Festejo de Nossa da Abadia, em Taguatinga; e Festa da Colheita do Capim-Dourado, em Mateiros. 

Com o sentimento de dever cumprido, acreditamos que atendemos a determinação do governador Wanderlei Barbosa, que sempre esteve comprometido com o setor do turismo, entendendo a importância dessa atividade para promover a geração de emprego e renda para a população do nosso Estado. Esperamos que as ações deste ano possam, de fato, contribuir para o trabalho de ordenamento e o fortalecimento do turismo em 2024, e aumento do fluxo de turistas em nossos atrativos”, ressalta o secretário do Turismo, Hercy Filho.

Romaria do Senhor do Bonfim.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.