Superintendente da PF diz que haverá grande contingente da Força Nacional no Tocantins para evitar compra de votos

Por Redação AF
Comentários (0)

26/09/2014 14h13 - Atualizado há 2 meses
<span style="font-size:14px;">O superintendente Regional da Policia Federal no Tocantins, Robinson Fuchs Brasilino, deu a garantia de que um grande contingente da For&ccedil;a Nacional de Seguran&ccedil;a P&uacute;blica vai estar presente no Tocantins para assegurar a tranquilidade nas elei&ccedil;&otilde;es e evitar a compra de votos. A informa&ccedil;&atilde;o foi repassada &agrave;</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;senadora K&aacute;tia Abreu (PMDB), na manh&atilde; desta sexta-feira, 26, durante reuni&atilde;o onde tamb&eacute;m esteve presente a</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;delegada Cec&iacute;lia Silva Franco.</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">O pedido das for&ccedil;as federais foi feito pela senadora em documento protocolado no Minist&eacute;rio da Justi&ccedil;a e na Diretoria Geral da Pol&iacute;cia Federal. O foco da investiga&ccedil;&atilde;o e vigil&acirc;ncia &eacute; nos cinco maiores munic&iacute;pios do Tocantins e da regi&atilde;o do Bico do Papagaio.&nbsp;</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">Robinson Fuchs afirmou que muitos policiais da For&ccedil;a Nacional j&aacute; se encontram em alguns munic&iacute;pios, e que um grande n&uacute;mero tamb&eacute;m j&aacute; est&aacute; chegando nestes dias.<em> &ldquo;Quero garantir a todos os tocantinenses que n&atilde;o permitiremos nenhum tipo de a&ccedil;&atilde;o que possa colocar em risco a seguran&ccedil;a e o n&atilde;o cumprimento das leis durante as elei&ccedil;&otilde;es e os dias que a antecedem&rdquo;</em>, anunciou o superintendente.<br /> <br /> A senadora K&aacute;tia Abreu, que vai estar pessoalmente na pr&oacute;xima segunda-feira, 29, com o ministro da Justi&ccedil;a, Jos&eacute; Eduardo Cardozo, e com o diretor Geral da Pol&iacute;cia Federal, Leandro Daiello Coimbra, agradeceu o empenho das institui&ccedil;&otilde;es de Justi&ccedil;a, e reafirmou que sua solicita&ccedil;&atilde;o se justifica em fun&ccedil;&atilde;o de in&uacute;meras den&uacute;ncias de contrata&ccedil;&atilde;o em massa de cabos eleitorais, atribu&iacute;das ao grupo governista, especialmente ao deputado federal Eduardo Gomes, candidato ao Senado e ao ex-secret&aacute;rio Eduardo Siqueira Campos, que disputa uma vaga na Assembleia Legislativa.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Tocantins

Nove pessoas são infectadas com doença de Chagas após ingerir suco de bacaba

O Tocantins já tinha registrado dois casos da doença em 2018.

Salário de até R$ 3,5 mil

Concurso público oferta 845 vagas em Marabá, a menos de 300 km de Araguaína

As inscrições serão realizadas de 12 de dezembro deste ano a 10 de janeiro de 2019.

Presidente eleito

TSE diploma Bolsonaro como novo presidente da República com mandato até 2022

A cerimônia vai ocorrer a partir das 16 horas, no plenário da Corte. Bolsonaro foi eleito para mandato de 2019 a 2022.

Anatel

Bloqueio de celulares piratas começa hoje no Tocantins e em mais nove Estados

Mensagens foram encaminhadas aos usuários no dia 23 de setembro, 50 dias e 25 dias antes do bloqueio.

Prefeitura doa área

Implantação de indústria de vidros deve gerar 50 empregos diretos em Gurupi

A empresa já tem uma sede em Araguaína e irá expandir os negócios pelo Estado do Tocantins.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.