Recomendação da ATM

Venda da Saneatins a grupo canadense por R$ 2,8 bilhões terá resistência de prefeitos no Tocantins

Por Redação AF
Comentários (0)

14/03/2017 14h49 - Atualizado há 1 mês
A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) expediu recomendação a 47 municípios tocantinenses atendidos pela Odebrecht Ambiental/Saneatins, para que prefeitos não assinem a anuência de transferência do controle societário da Odebrecht Ambiental para a BrookfieldBrazil Capital Partners LLC e o Fundo de investimentos BR Ambiental, ambos administrados pela BrookfieldAsset Management. A Brookfield adquiriu 70% do capital da Odebrecht Ambiental, que atualmente administra a Companhia de Saneamento do Tocantins – Saneatins, numa transação que envolveu aproximadamente R$ 2,8 bilhões. Segundo o presidente da ATM, Jairo Mariano, os Municípios foram notificados pela Odebrecht Ambiental para a assinatura da anuência, porém sem nenhuma contrapartida de garantias por parte da empresa exigidas pela Lei de Concessões.“Em nenhum momento a empresa apresentou documentos que comprovem a capacidade técnica, idoneidade financeira e regularidade jurídica e fiscal da Brookfield, requisitos necessários à assunção da prestação dos serviços de água e esgoto sanitário”, destacou o presidente. Os requisitos mencionados pelo presidente da ATM atendem aos incisos I e II do parágrafo 1º do artigo 27, da Lei n.º 8.987/95, a Lei de Concessões. Além disso, deve haver o cumprimento por parte da empresa de todas as cláusulas do contrato em vigor. Ainda segundo o líder municipalista, os Municípios não receberam da Brookfield nenhum documento de comprometimento da empresa na execução das cláusulas do Contrato de Concessão. “Caso o prefeito assine a anuência, sem se atentar a esses requisitos, poderá estar sujeito a demandas administrativas e judiciais”, alertou Mariano. A ATM recomenda ainda que os gestores municipais solicitem à empresa o plano de investimentos da concessionária, contendo valores de financiamento e o cronograma de ampliação da rede de água e esgoto. A venda De acordo com a Odebrecht Ambiental/Saneatins, o preço da venda foi de US$ 878 milhões (aproximadamente R$ 2,8 bilhões) e é composto por um pagamento antecipado de US$ 768 milhões e um adicional de US$ 110 milhões, ao longo dos próximos três anos, condicionado ao crescimento continuado da empresa. O fechamento definitivo da transação, previsto para o primeiro trimestre de 2017, está sujeito a uma série de condições que são habituais em transações envolvendo empresas prestadoras de serviço público, como a obtenção de anuências do poder público, dos financiadores e aprovações regulatórias. Impasse O prefeito de Colinas do Tocantins, Adriano Rabelo, afirmou ainda não ter assinado a anuência, pois espera contrapartidas da empresa. “Solicitamos que a tarifa de 80% da conta de água cobrada pela empresa para a prestação de serviço de esgoto fosse reduzida, na qual consideramos absurdo o percentual cobrado. Contudo, ainda não obtivemos retorno por parte da empresa”, disse o gestor. Aumento As tarifas de água e tratamento de esgoto sofrerão aumento de 12,7%, anunciou a Odebrecht Ambiental/Saneatins. O reajuste passa a vigorar em todas as contas com vencimento em abril e a medida afeta cerca de 1,1 milhão de moradores em todo o estado.A concessionária atende 47 municípios do Estado do Tocantins, atendendo 80% da população. O reajuste, de acordo com a empresa, é composto da taxa de inflação do ano passado, de 6,29%, e de uma compensação pelos investimentos que a Odebrecht Ambiental teria feito na rede de distribuição, que foi calculado pela concessionária em 6,48%. Veja mais... http://afnoticias.com.br/grupo-canadense-assina-contrato-de-compra-da-odebrecht-ambiental-e-assumira-servicos-de-agua-e-esgoto-no-tocantins/

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.