Dinheiro público

Vereadores aprovam 14º salário e auxílio-paletó em Palmas; serão R$ 24 mil em regalias

Aprovação de benefícios ocorre no apagar das luzes de 2020.

Por Redação 2.154
Comentários (0)

01/12/2020 14h10 - Atualizado há 1 mês
Câmara de Palmas fecha o ano aprovando regalias para os vereadores

Os vereadores da Capital do Tocantins terão um fim de ano recheado de regalias. Nesta terça-feira (1º de dezembro), os parlamentares aprovaram para si próprios dois benefícios: auxílio-paletó e auxílio-assiduidade, este conhecido como 14º salário.

Dos 19 parlamentares, somente o vereador Tiago Andrino (PSB) se manifestou contrário aos benefícios. Segundo ele, cada auxílio será pago no valor de R$ 12 mil por vereador, totalizando um gasto adicional de R$ 456 mil aos cofres públicos.

O auxílio-assiduidade será pago em dezembro (fim de mandato), caso o vereador não tenha faltado a nenhuma sessão, e o auxílio-paletó em janeiro de 2021 (início da nova legislatura). Assim, os vereadores reeleitos terão R$ 24 mil a mais em auxílios.

Tiago Adriano disse que os projetos tramitaram em regime de urgência e às escuras, atropelando o Regimento Interno da Câmara.  

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.