Senador do norte

Araguaína passará pelo menos 10 anos sem nenhum representante no Senado Federal

O último representante da região foi o senador João Ribeiro, que faleceu em 2013.

Por Agnaldo Araujo 1.063
Comentários (0)

09/10/2018 16h00 - Atualizado há 7 meses
Senador João Ribeiro foi o último representante da cidade

Araguaína, a capital econômica do Tocantins e o segundo maior colégio eleitoral do Estado, passará pelo menos uma década sem nenhum representante no Senado Federal.

O último senador da cidade foi João Ribeiro, que faleceu em dezembro de 2013 numa luta intensa contra leucemia. O mandato dele se estenderia até o final deste ano de 2018. 

Desde então, a cadeira é ocupada por Ataídes Oliveira (PSDB), que concorreu à reeleição, no último domingo (7), mas não saiu vitorioso.

Nestas eleições, dos noves candidatos ao Senado Federal, apenas um era da região norte do Estado, o araguainense César Halum (PRB). 

Por isso, Halum era apresentado como o 'Senador de Araguaína' e defendeu a continuidade do legado de João Ribeiro, mas ficou em 3º lugar na disputa, com 184.235 votos (14,45%). 

Nos palanques, os líderes costumavam recordar o fato de que Araguaína sempre teve um senador, desde a criação do Estado, citando também Benedito Boa Sorte e Carlos Patrocínio.

Durante a campanha, Halum fez o compromisso de destinar R$ 10 milhões para obras em Araguaína, todos os anos, em emendas individuais, mas não conseguiu conquistar o apoio do prefeito Ronaldo Dimas. Por outro lado, os vitoriosos não assumiram o mesmo compromisso.

Os eleitos e nova chance em 2022

No domingo (7), foram eleitos Eduardo Gomes (SD) e Irajá Abreu, ambos de Palmas. Eles se juntarão a Kátia Abreu (PDT), mãe de Irajá, que tem mandato até o início de 2023. Antes disso, em 2022, haverá novas eleições com uma vaga em disputa para o Senado.

No Brasil, são apenas 81 senadores, três para cada Estado, mas com muito poder de articulação em Brasília. 

Votação dos senadores em Araguaína

Os mais votados em Araguaína foram César Halum, com 31.438 votos (24,64% dos válidos), Eduardo Gomes, com 22.592 votos, Irajá Abreu (18.942 votos), Ataídes Oliveira (18.162 votos) e Vicentinho Alves (10.371 votos).

Senado Federal

Comentários (0)

Mais Notícias

'Tudo Errado'

Autor de novelas da Globo vai produzir filme em cidades histórias do Tocantins

As gravações do filme estão previstas para junho de 2020. A protagonista será a atriz global Bella Piero.

Supostas ofensas

Juiz decreta prisão do pastor Nelcivan por tempo indeterminado no Tocantins

O pedido de prisão do pastor foi feito pela Polícia Militar do Tocantins no dia 25 de abril deste ano.

Novo decreto

Porte de arma é liberado para todos os advogados; OAB-TO avalia como vitória

A profissão foi inserida entre as atividades de risco que autorizam o porte.

Operação Catarse

Deic descobre mais quatro servidores fantasmas em Araguaína, um é empresário

Três homens e uma mulher estariam recebendo salários oriundos de dois gabinetes.

Jurista

Cadeira do Tocantins na Academia Brasileira de Direito ficará com Márlon Reis

Reis é tocantinense natural de Pedro Afonso, tem 49 anos e foi candidato a governador.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.