Relatório de Kátia Abreu

CCJ aprova criação da UFNT e projeto segue com urgência ao plenário do Senado

A nova instituição terá sede em Araguaína e campus em várias cidades.

Por Redação 951
Comentários (0)

05/06/2019 16h30 - Atualizado há 3 meses
O relatório foi elaborado pela senadora Kátia Abreu (PDT-TO)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (5) o relatório da senadora Kátia Abreu (PDT-TO) que cria a Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT). Agora o projeto segue com urgência para análise definitiva do plenário.

A nova instituição será criada a partir do desmembramento da Universidade Federal de Tocantins (UFT) e terá sede em Araguaína. 

A senadora destacou que a nova universidade terá orçamento próprio e independência. O projeto prevê que os cursos, alunos e cargos dos campi da UFT de Araguaína e Tocantinópolis sejam automaticamente transferidos para a UFNT. Além disso, cria os campi de Xambioá e Guaraí.

“A UFNT terá autonomia em ações, gastos e investimentos e poderá receber emendas parlamentares de toda a bancada federal”, afirmou. “Araguaína fica num ponto estratégico de confluência com Pará, Maranhão e Piauí. Por isso, não atenderá apenas aos tocantinenses que sonham em cursar uma universidade pública, mas a todos os estudantes dos estados vizinhos e do Brasil”, completou.

Já a Universidade Federal do Tocantins manterá sua sede na capital - sob comando do reitor Luís Eduardo Bovolato – além dos campi de Gurupi, Arraias, Miracema e Porto Nacional. Já a UFNT terá um novo reitor. 

O próximo passo, conforme Kátia Abreu, é reunir apoio dos três senadores e dos oito deputados federais do Tocantins em torno da criação do campus da UFNT de Araguatins. 

A senadora agradeceu ao trabalho desenvolvido pelo atual reitor da UFT e pelo ex-reitor Márcio da Silveira. Destacou que, à época da criação, em maio de 2016, era ministra da Agricultura. "Trabalhei junto ao Executivo para que esse sonho saísse do papel quando era ministra e é uma alegria vê-lo se tornando realidade. Temos que continuar trabalhando para fazer do Tocantins o estado do conhecimento e da oportunidade”, afirmou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.