Ajude!

Desempregados, pais de bebê com má formação no cérebro pedem doações no Tocantins

A criança se alimenta apenas com leite especial recomendado pelo médico.

Por Márcia Costa 1.406
Comentários (0)

26/02/2021 17h10 - Atualizado há 1 mês
Danilo Reis se alimenta através de uma sonda

O bebê Danilo Reis Lopes, de apenas 8 meses de vida, foi diagnosticado com um problema de má formação no cérebro e sua família não tem condições financeiras para comprar um leite especial que é fundamental na alimentação e desenvolvimento da criança. O leite é da fórmula Aptamil Proexpert.

A família morava em Palmeirante do Tocantins, mas precisou se mudar para Colinas a fim de facilitar o acesso aos serviços de saúde. Por causa da má formação do cérebro, o bebê necessita de cuidados especiais, pois não consegue sustentar a própria cabeça e se alimenta através de uma sonda.

O pai, Valdeni Reis de Araújo, trabalhava como tratorista, no entanto, precisou deixar o emprego para cuidar do filho. "Minha esposa não estava conseguindo cuidar dele sozinha. A gente não pode sair um minuto de perto dele. Temos outros dois filhos e as coisas não estão fáceis. Além de desempregado, a gente tem as contas de água, energia e o aluguel para pagar. São os nossos parentes que estão nos ajudando", relatou.

Segundo a família, o bebê não toma outro tipo de leite e depende do Aptmail para melhorar seu desenvolvimento no dia a dia. "Ele não toma nem mingau, nem outro leite. O médico recomendou exclusivamente esse [leite], que é muito caro. Então, se puderem nos ajudar a comprar o alimento dele ficaremos muito gratos. Não é fácil, quando soubemos que ele não havia desenvolvido uma parte do cérebro foi muito dificil, mas Deus está no comando".

Sem ter a quem recorrer, a família está pedindo doações e conta com a solidariedade das pessoas. As doações podem ser creditadas diretamente na conta do pai da criança:

Caixa Econômica Federal

Agência: 1116

Operação: 013 

Conta Poupança: 39135-8

CPF: 046.418.911-09 (Valdeni Reis de Araújo Lima / Pai de Danilo)

Quem puder ajudar com alimentos ou de outra forma pode entrar em contato pelo telefone (63) 99117 - 5239 ou ir pessoalmente até a residência da família em Colinas do Tocantins, localizada Rua São Pedro, nº 550, no setor Cacau.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.