Afronta à advocacia

Juízes devem receber advogados mesmo sem prévio agendamento, reforça Corregedor do TJTO

Por Redação AF
Comentários (0)

08/03/2017 14h53 - Atualizado há 2 meses
  Após várias reclamações de advogados do Tocantins mencionando a recusa de alguns juízes em atendê-los, a Procuradoria de Defesa das Prerrogativas da Advocacia da OAB-TO se reuniu com a Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJ-TO) e pediu providências para evitar essa afronta à atuação profissional da classe. Na reunião, o presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi, e o procurador-geral de Defesa de Prerrogativas, Marcelo Cordeiro, entregaram ofício à Corregedoria do TJ-TO relatando a conduta destes magistrados e reforçaram que a postura representa afronta às prerrogativas da advocacia, previstas no artigo art. 7º, VIII, do Estatuto da Advocacia da OAB. Ao responder o ofício, a Corregedoria do TJ acentua que os advogados devem ser recebidos pelos magistrados a qualquer momento durante o expediente do Judiciário. O documento é assinado pelo corregedor-geral de Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, e foi repassado a todos os magistrados do Tocantins. Na resposta, o corregedor destaca trechos do artigo 35 da Lei da Magistratura e artigo 7º do Estatuto da Advocacia, que frisam a necessidade de o advogado ser recebido pelos magistrados. “Logo, a obrigação de receber advogados, a qualquer momento durante expediente forense, além de se constituir um dever funcional do Magistrado, também se revela uma prerrogativa da advocacia, decorrente das regras de convivência profissional harmônica e recíproca entre advogados e magistrados”, destaca Helvécio Maia, na resposta dirigida à OAB. O desembargador ainda ressaltou que “a Corregedoria Geral de Justiça está à inteira disposição da advocacia para investigar eventual inobservância das normativas federais, desde que precedida de específica descrição da conduta imputada”. O presidente da Comissão de Acesso à Justiça, Fabrício Azevedo, que participou da reunião, avaliou o ofício do TJ como muito positivo e destacou que o acesso à Justiça somente será pleno quando não mais existir barreiras ao livre diálogo entre advogados e juízes. Já o Procurador da Defesa das Prerrogativas da Advocacia da OAB-TO Jander Rodrigues ressalta que a resposta vem em boa hora no sentido de fortalecer as prerrogativas da advocacia e defender os interesses da classe para uma melhor atuação profissional. “Todos os advogados que se sentirem prejudicados podem procurar a Procuradoria de Defesa das Prerrogativas da Advocacia OAB-TO, pois é nosso compromisso atuar intransigentemente na defesa do advogado”, frisou. Por fim, o procurador-geral de Prerrogativas, Marcelo Cordeiro, salientou a importância do diálogo entre o TJ e a advocacia para a melhora da jurisdição. "Com o apoio da Corregedoria do TJ-TO, a advocacia tocantinense avança ainda mais na luta pela defesa das prerrogativas e dos direitos dos seus inscritos, consagrados no Estatuto da OAB e reafirma a exigência de que os membros do judiciário cumpram seus deveres institucionais, inexistindo hierarquia entre juiz e advogado", finalizou Cordeiro.
ASSUNTOS oab-to advocacia

Comentários (0)

Mais Notícias

Luto

Morre aos 95 anos Stan Lee, criador do Homem-Aranha, Hulk, Homem de Ferro e Thor

Ele foi um dos nomes mais importantes dos quadrinhos americanos ao criar super-heróis.

Falha internacional

Facebook fica fora do ar em vários países e prejudica milhares de usuários

O serviço ficou fora do ar por cerca de uma hora durante a tarde desta segunda-feira (12).

Superação

Jovem viaja 160 km por dia de carona para engraxar sapatos e ajudar a família

O engraxate é bastante conhecido pelos empresários no Setor Entroncamento.

Circo

Hoje tem marmelada? Tem sim, sinhô! Taquari recebe espetáculo neste domingo

O espetáculo tem o objetivo de levar a arte circense a espaços de pouca acessibilidade cultural.

Palestra

Palmas recebe palestra empresarial da FranklinCovey sobre gerenciamento do tempo

Há mais de 25 anos, a FranklinCovey tem ajudado milhões de pessoas a serem mais eficazes.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.