Eleições Suplementares

TRE-TO estima até 5h de apuração; mais de 1 milhão de eleitores podem votar

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

01/06/2018 16h32 - Atualizado há 1 semana
Nielcem Fernandes//AF Notícias Mais de um milhão de eleitores tocantinense estão aptos a votar e escolher o novo governador do Estado neste domingo (3). Na eleição suplementar, sete candidatos concorrem ao mandato-tampão. O vencedor governará o Estado até o dia 31 de dezembro de 2018 e certamente disputará a reeleição em outubro. Eleitores Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), existem 4.109 sessões disponíveis em todo Estado, sendo 297 delas estão adaptadas para receber eleitores com dificuldades de locomoção ou acessibilidade. Para os 4.275 indígenas esperados para a votação, o TRE-TO organizou 25 seções distribuídas nas aldeias dos municípios de Miracema, Tocantinópolis, Formoso do Araguaia, Pedro Afonso, Itacajá, Santa Fé do Araguaia e Cristalândia. Segurança O TRE-TO informou que a Justiça Eleitoral do Tocantins conta com o trabalho do Comitê de Segurança Institucional, presidido pelo juiz Rubem Carvalho, com a participação da Polícia Federal, Exército, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil e Bombeiros. Um efetivo de aproximadamente 3 mil homens vai garantir a celeridade nas ocorrências e diligências na véspera. Atendimento O atendimento aos eleitores será realizado por cerca de 14 mil voluntários, somados a 873 funcionários do Tribunal. O TRE-TO estima um gasto de R$ 15 milhões para a execução da eleição suplementar, desencadeada pelo processo de cassação do ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) e sua vice Cláudia Lelis (PV) por caixa 2 nas eleições de 2014. A logística de distribuição das urnas, segundo o TRE-TO, não foi afetada pela paralisação dos caminhoneiros e as eleições acontecerão normalmente nos 139 municípios tocantinenses. O Tribunal informou ainda que as sessões eleitorais fecharão às 17h do domingo, mas quem estiver na fila para cotar receberá uma senha e poderá escolher o seu candidato normalmente. Os eleitores que chegarem aos locais de votação a partir das 17h não poderão exercer o voto e ficarão em débito com a Justiça Eleitoral. O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral, em outro município do Tocantins, no dia das eleições suplementares para os cargos de governador e vice-governador do Estado, poderá justificar sua ausência em qualquer seção eleitoral no dia da eleição – 3 de junho (1º turno) e 24 de junho (2º turno, se houver). Já após a votação, o eleitor deve justificar a ausência junto ao cartório eleitoral no prazo de até 60 dias – 2 de agosto (1º turno) e 23 de agosto (2º turno, se houver), conforme previsto na Resolução Nº 405, de 19 de abril de 2018. O eleitor que estiver fora do Estado poderá justificar em qualquer cartório eleitoral do país. Resultado O TRE-TO trabalha com a previsão de divulgar o resultado da apuração dos votos em todo o estado em até cinco horas após o fechamento das urnas. Tal agilidade é proporcionada pelo sistema eletrônico adotado pela Justiça Eleitoral do Tocantins.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.