Humanização

Visitas virtuais reduzem distância entre pacientes do HDT e familiares durante isolamento

As visitas amenizam o sofrimento psicológico causado pelo isolamento físico e afetivo.

Por Redação
Comentários (0)

01/07/2020 08h57 - Atualizado há 1 mês
As visitas virtuais fazem parte de um processo de humanização do atendimento na unidade

Em tempos de pandemia, diversas ações vêm sendo adotadas, principalmente em ambientes hospitalares, para reduzir o risco de contágio da covid-19 entre pacientes, servidores e familiares dos usuários da rede de saúde.

Uma das medidas adotadas pelo Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), desde 20 de março, é a suspensão das visitas presenciais a pacientes internados na unidade.

Visitas Virtuais

Buscando novas alternativas para manter o contato entre familiares e usuários, nesse mês de junho, foi implantada na unidade a modalidade de visitas virtuais para pacientes internados na Ala A (cuidados semi-intensivos) e na Ala C (clínica médica). A ação se deu por iniciativa das equipes de serviço social e psicologia que atuam no HDT-UFT.

O contato é feito por meio de tablets que foram adquiridos exclusivamente para esse fim. O intuito é expandir a ação também para os leitos da ala B, destinados aos pacientes com Covid-19.

A iniciativa está sendo realizada com o objetivo de promover a comunicação entre usuários e visitantes na modalidade de visita virtual, no intuito de melhorar o estado emocional dos pacientes, bem como confortar familiares e amigos.

Humanização

A assistente social Kalline Pinheiro avalia de forma muito positiva a nova modalidade de visita. “A visita virtual é de extrema importância terapêutica, pois ameniza o sofrimento psicológico causado pelo isolamento físico e afetivo, tanto dos usuários internados, quanto de seus familiares e sua rede de apoio. Considere-se, ainda, que este processo também, tem sido um campo fértil de aprendizados e desafios para os profissionais envolvidos, sejam eles da assistência ou gestão”, explicou.

A psicóloga Kássia Delany acrescenta ainda: “É uma forma de humanização no processo de hospitalização. Em decorrência da Covid-19, não está sendo possível a visita de familiares aos leitos. A visita virtual auxilia na diminuição da ansiedade, tanto dos usuários quanto dos familiares, amenizando o desgaste emocional e o sofrimento causado pelo isolamento. De um modo geral, pode evitar o surgimento de agravos emocionais maiores”.

Além das visitas virtuais, estão sendo realizados também acolhimento social e psicológico para familiares de pacientes que tratam da Covid-19 pelos psicólogos e assistentes sociais, por meio de contato telefônico, para minimizar os danos biopsicossociais provocados pela internação.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.