Seet
Sobral – 300×100

Enquanto bandidos aterrorizam cidades do interior, Governo retira 40 PMs para reforçar segurança durante Expoara

admin - |

Da Redação

O Comandante Geral da Polícia Militar do Tocantins, Coronel Glauber Santos, anunciou nesta terça-feira (9) um reforço de 40 homens para atuar na segurança em Araguaína (TO) durante a Exposição Agropecuária. Mas, o que seria a "solução" para um problema, representa, ao mesmo tempo, o agravamento da insegurança nas cidades do interior, onde os criminosos já aterrorizam a população. Os militares chegam à cidade nesta quarta-feira (10).

O anúncio foi feito na Câmara Municipal durante sessão para discutir a insegurança nas ruas de Araguaína, a convite do vereador José Ferreira Barros Filho (PMDB). O Comandante Geral esteve acompanhado da Major Patrícia Murussi, Comandante do 2° BPM, do Coronel Abelardo, Corregedor da PM; e do Tenente Coronel Carlos, Comandante de Policiamento do Interior.

Além desta medida, o Comandante Geral autorizou o pagamento de horas extras aos policiais do 2º BPM de Araguaína, o que, segundo ele, possibilitará o aumento do efetivo militar nas ruas.

Glauber ainda detalhou aos vereadores as principais dificuldades que a Policia Militar do Tocantins vem passando, principalmente na parte estrutural, e culpou os ex-governadores pela crise vivenciada. O Comandante Geral também disse que o atual Governo está trabalhando para a realização de concurso público o mais breve possível.

Ainda durante a sessão, Glauber citou as estatísticas das ocorrências para defender a tese de que a criminalidade reduziu 48,79% nos quatros primeiros meses de 2015, quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Muita insegurança na prática

Embora os números do Governo mostrem a redução da criminalidade em Araguaína, a população e os comerciantes estão vivenciando, nos últimos dias, o agravamento da insegurança nas ruas da cidade. Nesta segunda-feira (8), dois bandidos com arma em punho roubaram a bolsa de uma mulher na porta da Câmara Municipal, em plena luz do dia, enquanto acontecia a sessão dos vereadores. Eles fugiram tranquilamente.

Já no interior, de onde serão retirados os 40 policiais para reforçar a segurança em Araguaína, os bandidos estão aterrorizando a população. Foi o que aconteceu na madrugada desta segunda-feira (9) em Palmeirante. Um grupo de aproximadamente 10 criminosos explodiu o caixa eletrônico do Banco Bradesco e ainda fuzilaram o Destacamento da Polícia Militar com mais de 40 disparos.

No momento da ação havia apenas dois policiais de plantão. Os criminosos estavam armados com fuzis AK-47, submetralhadoras e pistolas calibre 380.

Palmeirante tem apenas quatro policiais militares para garantir a segurança da população de aproximadamente 5 mil habitantes. A mesma realidade se repete em quase todas as cidades do interior.

Comentários pelo Facebook: