Seet
Sobral – 300×100

Araguaína fica em primeiro lugar no índice FIRJAN de Desenvolvimento no TO e avança no ranking nacional

Redação AF - | - 888 views
Foto: Marcos Filho
No ranking nacional, o Município subiu 18 posições: no índice anterior estava em 473º, agora está em 455º

Araguaína mais uma vez se destaca no cenário regional e nacional em relação aos índices de desenvolvimento socioeconômico. O dado é constatado na mais recente apuração do índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) 2015. Os dados foram divulgados em dezembro do ano passado. O Município araguainense ficou em primeiro lugar no ranking estadual, ficando à frente da capital Palmas, que ficou em segundo lugar. Araguaína avançou 18 posições em nível nacional.

De acordo com o índice FIRJAN, Araguaína ficou com 0,7973 pontos no IFDM consolidado, sendo considerado um município de desenvolvimento moderado (0,6 a 0,8). O Brasil conquistou 0,7441 pontos, ou seja, o município ficou acima da pontuação do País.

Comparando-se com os dados do IFDM anterior, Araguaína subiu 18 posições no ranking nacional; antes estava na 473º posição, e agora está na 455º. Já na estadual, o Município araguainense estava em segundo lugar e agora ficou em primeiro lugar; ficando à frente, além  de Palmas, dos municípios de Caseara, Paraíso do Tocantins e Colinas do Tocantins.

O IFDM – Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal – é um estudo do Sistema FIRJAN que acompanha anualmente o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de cinco mil municípios brasileiros em três áreas de atuação: Emprego & renda, Educação e Saúde. Criado em 2008, ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. Assim com o IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, o índice varia de 0 a 1, e quanto mais próximo de 1, melhor.

Dados

De acordo com o estudo, Araguaína está com alto desenvolvimento na área da Saúde, com 0,8204 pontos. Na Educação, o município araguainense também está com alto desenvolvimento, ficando com uma pontuação de 0,8463. Na área de Emprego e Renda, a cidade ficou com 0,7251 pontos, considerado de desenvolvimento moderado. Araguaína está entre os 28,4% municípios que receberam a pontuação entre 0,7 e 0,8.Ainda segundo o Índice FIRJAN, a evolução da cidade tocantinense foi considerável, avaliando-se os anos anteriores. Em 2005, o município tinha um índice consolidado de 0,7106. Com relação às áreas específicas, Araguaína também cresceu nos dados. No ano de 2005, a Educação tinha 0,6462; na área da Saúde, tinha 0,7688; Emprego e Renda tinha 0,7167.

Índice FIRJAN

Sua metodologia possibilita determinar, com precisão, se a melhora relativa ocorrida em determinado município decorre da adoção de políticas específicas ou se o resultado obtido é apenas reflexo da queda dos demais municípios.Desde 2014, a metodologia do IFDM foi aprimorada para captar os novos desafios do desenvolvimento brasileiro para esta nova década. O principal incremento foi situar o Brasil no mundo. A nova metodologia buscou padrões de desenvolvimento encontrados em países mais avançados, utilizando-os como referência para os indicadores municipais. Outro ponto importante foi a atualização de metas e parâmetros nacionais. Neste caso, o ano de referência deixou de ser 2000 e passou a ser 2010.

De leitura simples, o índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada localidade em quatro categorias: baixo (de 0 a 0,4), regular (0,4 a 0,6), moderado (de 0,6 a 0,8) e alto (0,8 a 1) desenvolvimento. Ou seja, quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. (Joselita Matos)

Comentários pelo Facebook: