Seet
Sobral – 300×100

Bebê recém-nascido é abandonado dentro de caixa de hidrômetro em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Portal AF Notícias
Mulher ficou segurando a criança até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Um bebê recém-nascido foi abandonado dentro da caixa de proteção de um hidrômetro em Araguaína (TO). Segundo informações preliminares da Polícia Militar, a criança, do sexo masculino, estava em frente a uma residência na Rua 13 do Setor Bela Vista. É o segundo caso registrado nesse setor.

A criança foi encontrada por uma senhora conhecida como Lêda por volta das 15h30 deste sábado (5/11). Ela contou que ficou com medo de pegar no bebê imaginando que ele estivesse morto, daí pediu ajuda aos vizinhos, que fizeram o regaste e acionaram os bombeiros e a Polícia Militar.

A criança está aparentemente bem e foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital e Maternidade Dom Orione. Após receber cuidados médicos, o bebê ficará com o Conselho Tutelar.

A Polícia ainda não tem pistas sobre a mãe da criança. O caso foi registrado como abandono de incapaz.

Diz o art. 133 do Código Penal: “Abandonar pessoa que está sob seu cuidado, guarda, vigilância ou autoridade, e, por qualquer motivo, incapaz de defender-se dos riscos resultantes do abandono: Pena – detenção, de seis meses a três anos”.

Se do abandono resultar lesão corporal de natureza grave, a pena aumenta de 1 a 5 anos. E se quem abandonou tiver sido pai, mãe, irmão, filho, tutor ou curador, a pena ainda aumenta de um terço.

Outro caso

Em maio de 2015, outro caso semelhante foi registrado em Araguaína, quando um recém-nascido de aproximadamente 10 dias foi abandonado também em uma caixa de hidrômetro, coincidentemente no mesmo setor Bela Vista. Na época, um garoto de 10 anos ouviu o choro do bebê e chamou a avó.

Foto: AF Notícias
Caixa do hidrômetro onde a criança foi abandonada.
Foto: AF Notícias
Bombeiros levaram a criança para o Hospital e Maternidade Dom Orione.

Comentários pelo Facebook: