Seet
Sobral – 300×100

CPP de Palmas realiza mutirão de assistência jurídica em parceira com acadêmicos

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Casa de Prisão Provisória de Palmas realiza mutirão jurídico

No dia 25 de fevereiro foi realizado na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) um mutirão de atendimentos jurídicos, em parceria com os acadêmicos de Direito da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).

A ação foi coordenada pelo professor e presidente do Conselho da Comunidade, Geraldo Cabral, pela direção da CPPP e Umanizzare. A atividade contou com a participação de 15 acadêmicos, que atenderam 86 reeducandos que ficam na área do Seguro.

O objetivo do atendimento jurídico foi identificar os casos onde o reeducando não possui assistência jurídica, e prestar informações relevantes de acordo com cada situação.

Após este levantamento a mesma equipe dará os encaminhamentos necessários a cada caso informando ao interno sobre sua situação processual.

 

Comentários pelo Facebook: