Sobral – 300×100
Seet

Com empréstimo aprovado, obra do Hospital Geral será retomada com R$ 50 milhões

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Obra paralisada do futuro Hospital Geral de Araguaína (HGA)

Depois de quase oito meses travado na Assembleia Legislativa, os deputados estaduais aprovaram o projeto de lei que autoriza o Governo do Estado contratar empréstimo de cerca de R$ 146 milhões com o Banco do Brasil. Já o outro pedido de empréstimo no valor de R$ 453,2 milhões só será analisado em agosto. Os parlamentares Zé Roberto e Paulo Mourão (ambos do PT) votaram contra.

Os recursos são para as seguintes obras: conclusão da reforma e ampliação do Hospital Geral de Palmas (R$ 50 milhões), continuação da construção do Hospital Geral de Araguaína – HGA (R$ 50 milhões), conclusão do Fórum de Araguaína (R$ 15 milhões) e implantação dos campi da Unitins da região do Bico do Papagaio (R$ 11 milhões).

A obra do HGA foi iniciada ainda no governo de Siqueira Campos (sem partido), porém, o governador-tampão Sandoval Cardoso (SD) remanejou o dinheiro para fazer lama asfáltica durante o período eleitoral, na tentativa de ganhar a reeleição.

Outros R$ 5 milhões seguirão para a conclusão e ampliação da UTI do Hospital Regional de Augustinópolis, R$ 4 milhões para a continuação da pavimentação da rodovia TO-126, no trecho de 7,8 km entre Tocantinópolis e Ribeirão Grande, e R$ 3 milhões para a aquisição de equipamentos ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Mais R$ 2,5 milhões estão previstos para a reforma e a ampliação do estádio de futebol ‘Rezendão’, em Gurupi; R$ 2,38 milhões para reforma da rodoviária de Gurupi; R$ 2,38 milhões para a reforma e ampliação do Hospital de Paraíso; por fim, R$ 1,5 milhão para a reforma do Ginásio de Esportes de Gurupi.

Os deputados retiraram do projeto original a conclusão do prédio do Ruraltins e aquisição de equipamentos, material bélico e sistemas para fortalecimento da Segurança Pública.

Os parlamentares colocaram no lugar a reforma e ampliação do Hospital de Paraíso (R$ 2,38 milhões), a continuidade da Pavimentação da TO-126 — Trecho de 7,8 km de Tocantinópolis/Ribeirão Grande (R$ 4 milhões) e a reforma da rodoviária de Gurupi (R$ 2,38 milhões).

Desde o início das discussões, Luana garantiu que votaria a favor, mas com ressalvas quanto à distribuição dos recursos. A parlamentar é a favor da partilha justa aos 139 municípios. “Esses recursos serão importantes para a conclusão de obras estruturantes, entre elas, dos hospitais gerais de Araguaína e Gurupi, conclusão de rodovias e infraestrutura. Além de obras para a segurança pública”, disse a parlamentar.

A parlamentar também garantiu que irá acompanhar a aplicação dos recursos. “É nosso papel fiscalizar”, acrescentou.

Valderez também destacou a aprovação: “Parabenizo o Governo do Estado e equipe pela iniciativa de buscar recursos para investimentos em nosso Tocantins, e também os meus colegas pela aprovação do projeto que irá promover o desenvolvimento com obras estruturantes, oportunizando a geração de emprego e renda para os tocantinenses“.

Comentários pelo Facebook: