Empresário dono de farmácia em Palmas é alvo de operação da Polícia Civil e GAECO

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Os mandados estão sendo cumpridos na manhã desta terça, 06

A Polícia Civil do Tocantins e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público Estadual, cumprem um mandado de prisão e dois de condução coercitiva contra um empresário de Palmas e familiares dele, na manhã desta terça-feira (06).

O empresário é dono de um edifício e uma farmácia, localizada na Quadra 507 Sul, próximo à pista do aeroporto, na capital.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os mandados de condução coercitiva seriam em desfavor da esposa e de uma prima do empresário.

O nome dos alvos da operação e outros detalhes só serão divulgados após o cumprimento dos mandados, segundo a SSP. A TV Anhanguera apurou que os agentes foram no depósito da empresa, em uma fábrica que estaria utilizando compostos não autorizados e em uma fazenda. Foram apreendidas receitas em branco e há suspeita de lavagem de dinheiro.

Comentários pelo Facebook: