Foragido, Negreiros é detido pela PF em aeroporto internacional no Rio de Janeiro

Redação AF -
Foto: Divulgação
Major Negreiros é capturado pela PF

O vereador de Palmas Major Negreiros (PP) foi detido pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional Tom  Jobim, o Galeão, no Rio de Janeiro.

Ele é um dos alvos da Operação Jogo Limpo que investiga um suposto esquema criminoso que desviou cerca de R$ 7 milhões da Prefeitura da Capital do Tocantins e está com a prisão decretada desde a última sexta-feira (3).

Negreiros estava no Chile com a família e retornava ao Brasil quando foi capturado. Outros dois vereadores são também investigados na 2ª fase da operação: Rogério Freitas (MDB) e José do Lago Folha Filho (PSD), que é presidente da Câmara e braço direito do ex-prefeito Carlos Amastha.

Major Negreiros está sob custódia da PF do Rio de Janeiro e será encaminhado para Palmas, onde prestará depoimento à Polícia Civil sobre o esquema criminoso e recolhido à prisão.

As investigações apontam que os três vereadores fazem parte de um suposto grupo criminoso que desviou R$ 7 milhões da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (Fundesportes) e da Secretaria de Governo e Relações Institucionais da capital. A verba seria destinada a projetos sociais, mas o dinheiro teria sido usado em campanhas eleitorais de 2014.

Desde 2014, Negreiros apresentou na Câmara de Palmas oito projetos de lei que declaram entidades como sendo de utilidade pública, requisito necessário para que possam celebrar convênios e receber recursos públicos. Uma das associações abocanhou mais de R$ 1 milhão em apenas dois meses. O presidente da entidade é investigado e também foi preso.

Veja mais….

Associação apadrinhada por vereador foragido recebeu R$ 1 milhão da gestão Amastha em dois meses

Comentários pelo Facebook: