Sobral – 300×100
Seet

Funcionário de imobiliária dá chave de apartamento para grupo usar drogas enquanto dona viajava

Redação AF - |
Os jovens estavam no local sem a dona saber; ela estava viajando

Um grupo de jovens, entre eles dois menores, foi surpreendido pela Polícia Civil, por volta das 09 horas desta terça-feira (15), em Araguaína (TO), enquanto usavam drogas dentro de um apartamento no Jardim América. A dona do imóvel estava em viagem.

A denúncia foi realizada pela síndica de um edifício do local, que informou ao delegado da DEIC, José Anchieta de Menezes Filho, que é morador do mesmo prédio. Segundo a síndica, o apartamento 308 estava exalando um cheiro muito forte de drogas, no entanto, a proprietária estava viajando e havia deixado as chaves do imóvel na imobiliária responsável.

Segundo informações, logo após a denúncia, o delegado solicitou reforço dos demais policiais da DEIC Araguaína e do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote) para se deslocarem até o local.

De acordo com a Polícia Civil, no apartamento foram encontrados Lúcio Carlos Rodrigues da Silva, de 25 anos, dois adolescentes, ambos de 17 anos, os quais informaram que já estavam no imóvel há três dias e que as chaves do apartamento foram repassadas por Felipe Rocha dos Santos, de 19 anos, que é funcionário da imobiliária responsável pelo apartamento, sem o consentimento da proprietária.

A proprietária do imóvel confirmou também que, além de usar drogas dentro do apartamento, os jovens haviam furtado uma quantia de R$ 900 que estava guardado no local.

Os suspeitos Felipe e Lúcio foram autuados em flagrante delito  pelos crimes de furto qualificado e corrupção  de menores, em seguida encaminhados à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA).

Contra os menores foi feito o Boletim de Ocorrência pelo Ato Infracional praticado, em seguida foram liberados.

Comentários pelo Facebook: