Sobral – 300×100
Seet

Vereador Gideon Soares denuncia venda de lotes em nome da prefeitura no Jardim dos Ipês

Agnaldo Araujo - |
Foto: Diuvlgação
Vereador Gideon Soares

Márcia Costa//AF Notícias

Após ouvir reclamações de moradores, o vereador Gideon Soares questionou a venda de lotes caucionados em nome da prefeitura nos setores Jardim dos Ipês I, II e III em Araguaína. O questionamento foi feito à empresa responsável pelo empreendimento durante sessão na Câmara Municipal para discutir problemas de infraestrutura nos loteamentos.

A audiência também contou com a presença de representantes da Imobiliária Iparatyh, que administra o loteamento, e do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR).

Gideon afirmou que a venda dos lotes caucionados foi uma total “falta de respeito” da empresa com seus clientes. “Como é que a imobiliária vende algo que não é dela? Os lotes caucionados só podem ser vendidos depois que a Prefeitura recebe a obra da empresa e isso ainda não aconteceu”, relatou.

Segundo o vereador, é difícil acreditar que agiu dessa maneira ao vender “algo que não pode entregar”. “Eu quero saber como é que se registra esses lotes caucionados? Isso é falta de respeito, falta de compromisso com Araguaína e principalmente com seus clientes”, criticou.

O vereador também avaliou como positiva a participação do prefeito Ronaldo Dimas na audiência. “O prefeito veio pessoalmente responder os questionamentos. Antes diziam que a responsabilidade era do Município, mas isso foi esclarecido e saímos da audiência com soluções”, finalizou.

O prefeito Ronaldo Dimas afirmou aos moradores e representantes que a venda de lotes caucionados é crime. Segundo ele, nenhum lote caução consegue documentação no cartório de registro de imóveis. O gestor afirmou também que os lotes caucionados servem para garantir recursos caso não seja feita drenagem e/ou pavimentação no loteamento.

Veja mais…

Dimas dá bronca em donos de loteamentos: ‘não vamos aceitar asfalto de má qualidade’

Comentários pelo Facebook: