Seet
Sobral – 300×100

Historiador de Araguaína que estava desaparecido há 9 dias é encontrado em Belém

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O historiador foi encontrado com vida

O historiador de Araguaína Ozéias Teixeira de Sousa, de 38 anos, foi encontrado em Belém, capital do Estado do Pará, distante mais de 800 km de sua casa. Ozéias passou cerca de nove dias desaparecido. Ele também já foi presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) de Araguaína.

“Queremos agradecer a todos que nos ajudaram na busca por nosso irmão Ozéias, que pela graça e misericórdia de Deus foi encontrado e já está retornando com nossos irmãos para Araguaína. Muito obrigada a todos, e que Deus abençoe a todos vocês”, comentou uma de suas irmãs nas redes sociais.

Em Belém, o historiador procurou uma igreja da mesma congregação a qual frequentava em Araguaína e pediu para que fiéis entrassem em contato com seus familiares. Após receberem a informação de que Ozéias estava na cidade paraense, parentes viajaram para buscar o historiador.

Ozéias mora com sua mãe no centro de Araguaína. Ele já chegou a desaparecer outra vez e foi encontrado cerca de dois dias depois em São Félix do Xingu, também no Pará. Desta vez, a família ficou mais apreensiva, pois ele passou um período de tempo maior desaparecido.

Na noite em que saiu de casa, Ozéias tomou o remédio de rotina e foi dormir. Porém, ele teria aproveitado que sua mãe já estava dormindo para fugir da residência. Devido ao horário, ninguém o viu saindo de casa. Sua mãe sentiu falta apenas na manhã do dia seguinte.

Um Boletim de Ocorrência chegou a ser registrado pela família e postagens também foram feitas nas redes sociais com o intuito de encontrar o historiador. Ele já está retornando para Araguaína.

Veja mais

Historiador de Araguaína está desaparecido desde a noite de sábado e família busca por informações

Comentários pelo Facebook: