Sobral – 300×100
Seet

Iluminação do Parque Cimba terá lâmpadas de LED; famílias deixam área para execução da 2ª etapa

Redação AF - |
Foto: Marcos Filho
Ao todo serão 21 postes de 11 metros de altura e mais quatro de cinco metros serão instalados em todo parque; sendo um total de 71 lâmpadas.

As obras no Parque Cimba continuam. Já foram instalados os postes para a iluminação da área, que faz parte desta primeira etapa do empreendimento. Um total de 21 postes de 11 metros de altura já foi instalado; mais quatro de cinco metros ainda serão colocados no parque. Será um total de 71 lâmpadas de LED de 120 e 90 Watts de potência, tendo uma melhor luminosidade para quem usufruir do parque no período noturno.

Próximo às pistas de caminhada e ciclovia foram instalados os postes de maior altura, com o objetivo de ampliar a área de incidência da luz. Os postes de concreto circular de 11 metros de altura contam com três lâmpadas, de aproximadamente 120 Watts cada uma.

Para as áreas próximas à calçada e embaixo das mangueiras, haverá postes de concreto circular de cinco metros de altura com duas lâmpadas de LED de aproximadamente 90 Watts. Já para o entorno das ruínas e algumas árvores em destaque, vão ganhar uma iluminação especial através de nove refletores de LED de aproximadamente 90 Watts instalados no piso para realçar a fachada dos mesmos.

Vantagens

A Prefeitura escolheu lâmpadas de LED para fazer a iluminação do Parque Cimba devido às várias vantagens na sua utilização, tanto em relação à durabilidade, diminuição nos custos de manutenção, além de serem recicláveis.

A média de tempo de vida gira em torno de 50 mil horas de consumo. Se utilizado durante 8 horas diárias, alcança até 17 anos de uso. Pelo motivo de sua longa vida útil, as lâmpadas LED evitam suspensões de serviço, prejuízos e substituições constantes, garantindo grande economia na manutenção.

As luzes de LED produzem um calor mínimo, além de não emitirem raios infravermelhos e/ou ultravioletas. Dessa forma, podem ser utilizadas para iluminação de construções históricas ou de áreas de vegetação sem a preocupação de causar danos. As lâmpadas LED são recicláveis, não causando prejuízo algum ao meio ambiente.

Primeira etapa

Nesta etapa de construção do Parque Cimba, além da iluminação, será feito o parque das crianças, praça para esportes radicais e a academia de musculação. O lago e a grama do parque é o próprio Município que está realizando.

Esta etapa terá um investimento de aproximadamente R$ 7 milhões, com recursos do Governo Federal, Prefeitura e iniciativa privada.

A implantação, terraplenagem, pistas, calçadas, iluminação, academia e parquinho e tem um investimento no valor de R$ 2,1 milhões. Já o sistema de drenagem pluvial, sistema de irrigação e pavimentação das vias no entorno R$ 3,3 milhões. O primeiro lago, grama e paisagismo, gradil de fechamento, pista de esportes radicais e piso em concreto polido nas ruínas (espaço cultural) R$ 1,6 milhão.

Segunda etapa

Na segunda etapa, o local será contemplado também com mirante, ponte, anfiteatro, lanchonete e quadra poliesportiva. Para que esta etapa seja realizada, desde 2013, a Prefeitura vem negociando com 31 famílias que ocuparam uma área de preservação permanente (APP) e que também é pública e compreende o terreno do Parque Cimba para deixarem o local. Deste número, nove ainda não aceitaram a proposta da Prefeitura.

Cada família receberá um subsídio pago pelo Governo Federal de aproximadamente R$ 54 mil por casa.

Comentários pelo Facebook: