Polícia Civil é acionada pelo 197 e prende jovem suspeito de agredir irmã grávida

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Irmão da mulher grávida que foi agredida

Márcia Costa//AF Notícias

O jovem de 26 anos foi preso pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (26) suspeito de agredir e ameaçar de morte a própria irmã, grávida de seis meses. O fato ocorreu no Setor Santa Helena, em Araguaína, norte do Estado.

A vítima, uma jovem de 20 anos, disse à polícia que pediu à namorada do irmão para lavar as louças, mas a cunhada retrucou que ‘não gostava de receber ordens’. Em seguida, a grávida pediu que a cunhada fosse embora. O irmão da jovem presenciou a discussão e não gostou.

Na sequência, o rapaz teria xingado a irmã e a agrediu fisicamente com um sapato, além de ameaçá-la de morte caso procurasse a polícia.

Mesmo assim Laiza denunciou o irmão pelo 197 da Polícia Civil. Ele foi preso na residência quando estava bastante alterado.

O delegado Wilson Oliveira afirmou que o jovem ameaçou matar a irmã novamente durante o trajeto para a delegacia, pois ele estava sendo conduzido no mesmo veículo que a irmã.

Não havia viaturas da Delegacia de Plantão disponíveis para atender a ocorrência, pois os veículos da Central de Flagrantes tinham ido levar duas presas à Cadeia Feminina de Babaçulândia. O delegado teve que solicitar apoio na CPPA.

A autoridade policial requereu medidas protetivas em favor da grávida e o irmão foi autuado por violência doméstica, injúria e ameaça, mas pagou fiança e foi liberado.

Comentários pelo Facebook: