Prefeito e motorista são baleados e família é agredida por assaltantes no Tocantins

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino

O prefeito da cidade de Tocantínia, Manoel Silvino Gomes Neto (SD) foi alvejado a tiros dentro de casa durante um assalto na manhã deste domingo (4). O motorista dele, João Mascarenhas Barros também foi baleado.

Segundo apurado, o caso aconteceu no momento em que amigos e parentes estavam na residência se preparando para comemorar o aniversário do prefeito. Silvino tinha saído com o motorista para ir à padaria. Durante esse intervalo de tempo, os criminosos surpreenderam e renderam os amigos e familiares, inclusive a primeira-dama e os três filhos menores.

Testemunhas disseram que o prefeito retornou à residência e logo percebeu que era um assalto. Os bandidos atiraram contra ele e o motorista. Enquanto estavam em cárcere, a primeira-dama e o ex-prefeito de Santa Fé do Araguaia Valtênis Lino (SD) foram agredidos.

Segundo relato de amigos, os bandidos amarraram Valtênis, bateram na primeira-dama e a colocaram no banheiro com as crianças.

O prefeito Manoel Silvino foi encaminhado ao Hospital Geral de Palmas e o motorista para o Hospital de Miracema. Os bandidos são dois jovens de aproximadamente 20 anos e fugiram num Fiat Uno azul, que já foi abandonado na Ponte do Córrego Jacó, sentido a Palmas.

Silvino foi atingido com um tiro no estômago e deve passar por cirurgia. O motorista João Barros levou um tiro na clavícula e passa bem.

Manoel Silvino foi presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e é prefeito de Tocantínia pelo terceiro mandato.

VEJA MAIS

Suspeito de atirar contra o prefeito de Tocantínia é preso saindo de matagal

Comentários pelo Facebook: