Seet
Sobral – 300×100

Professor é morto a tiro durante assalto e esposa ameaçada em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Arquivo Pessoal
O professor, mais conhecido como Japa, foi morto na frente da sua casa.

A criminalidade tirou a vida de mais um cidadão em Araguaína (TO) na noite desta sexta-feira (25) no Setor Jardim Boa Sorte, por volta das 19h30. O professor do Senai, Cleurismar Barbosa Sousa, de 37 anos, mais conhecido como ‘Japa’, foi morto a tiro por uma dupla de criminosos em sua própria residência. O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte).

Segundo apurado, no momento do crime, a esposa do professor chegava do trabalho enquanto ele estava na residência fazendo um beiju. Cleurismar saiu na porta para recebê-la e disse que estava fazendo uma surpresa, pois havia aprendido a fazer beiju.

Nesse momento, a dupla de criminosos abordou o casal e efetuou um tiro contra o professor, que caiu na porta e ficou agonizando. Ele foi atingido na região do tórax.

Desesperada, a esposa correu e se trancou no quarto, mas os bandidos entraram na residência e ordenaram que ela abrisse a porta, caso contrário, eles iriam arrebentar e matá-la. Depois de muita insistência dos bandidos, a mulher abriu a porta.

Os bandidos então arrancaram a aliança do dedo da mulher e ainda agrediram fisicamente a vítima. Um dos bandidos sempre dizia ao comparsa: “mata ela também, cara”. O outro respondia: “não, deixa ela”. Os criminosos fugiram de motocicleta levando também um cordão de ouro, um celular, computador e R$ 1.000,00 em espécie.

O Samu ainda tentou socorrer o professor, mas Cleurismar não resistiu. A Polícia Militar realizou diligências, mas não encontrou os autores.

Comentários pelo Facebook: